Coluna MG

Monlevade lança vacinômetro

6 de fevereiro de 2021

A Prefeitura de João Monlevade lançou o vacinômetro. O painel mostra o número de pessoas que receberam doses de vacinas contra o coronavírus e pode ser consultado virtualmente por toda a população. Conforme a Vigilância em Saúde (Visa), os dados são atualizados uma vez ao dia, a partir da atualização do sistema feito pelo município junto ao Governo do Estado. Até quinta-feira, 4, a ferramenta indicava que 1043 pessoas já foram vacinadas, sendo 997 trabalhadores da saúde, 39 idosos em instituições de longa permanência e 7 pessoas com deficiência em residências inclusivas. (Notícia Regional- João Monlevade)


O que você também vai ler neste artigo:

  • Nova Serra registra 19ª pior taxa
  • Arcos volta a ter Comissão
  • Araxá tem Encontro de Gestão
  • Parlamentar cobra campanha
  • Ouvidoria registra 60 denúncias

Nova Serra registra 19ª pior taxa

Nova Serrana, costumeiramente conhecida por ser protagonista na geração de emprego em Minas Gerais, e consecutivamente uma das maiores geradoras de novos postos de trabalho no país, amargou um título indesejado no saldo de 2020. A Capital do calçado em Minas foi a 19ª cidade brasileira com o maior número de demissões no ano passado, com -3.763 segundo o Caged. A capital do calçado em Minas Gerais foi a quarta cidade do Estado com o pior saldo de demissões no ano de 2020. Em todo o Estado as cidades de Belo Horizonte (-10.277), Juiz de Fora (-4.393) e Ipatinga (-3.807), obtiveram um resultado pior do que o de Nova Serrana, quanto ao número de demissões no agregado de 2020. (O Popular NS- Nova Serrana)

Arcos volta a ter Comissão

Imagine uma Arcos com melhores condições de locomoção entre pedestres e condutores. É esta a cidade que o Governo Municipal está idealizando. E para concretizá-la, a Prefeitura deu um passo importante. O prefeito Claudenir José de Melo-Baiano instituiu a Comissão Especial de Trânsito, por meio da Portaria municipal. A Comissão é comporta por representantes dos diversos segmentos da sociedade. (Correio Centro-Oeste- Arcos)

Araxá tem Encontro de Gestão

O Instituto de Defesa da Cidadania e da Transparência promoveu o 1° Encontro de Gestão Municipal Integrada. O evento foi uma parceria com a Ampla e Associação dos Municípios da Microrregião do Planalto de Araxá e Consórcio Intermunicipal Multifinalitário do Planalto de Araxá). O presidente do IDCT, Gustavo Nassif, palestrou sobre “Integridade e as novas tendências da administração pública municipal”, ao lado de autoridades em inovação, controle e tecnologia, como o procurador de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), Mauro Flávio Brandão, o diretor executivo da Conect BR Tecnologia, Jonathan Carneiro, e o promotor de Justiça, José Carlos Fernandes. (Correio de Araxá)

Parlamentar cobra campanha

A atuação do Governo do Estado na vacinação dos mineiros continua repercutindo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. A deputada Beatriz Cerqueira destacou a ausência de campanha publicitária educativa por parte do governo estadual e disse que a ineficiência na distribuição tem por objetivo interesses financeiros, para forçar que as pessoas tenham de comprar a vacina, cujo acesso gratuito é um direito de todos os cidadãos. (Ascom ALMG)

Ouvidoria registra 60 denúncias

A Ouvidoria de Saúde de Juiz de Fora apura 57 denúncias de fura-filas na vacinação contra a Covid-19 no município. De acordo com o órgão, a situação envolveria vários hospitais da rede pública e da rede privada, e do total de denúncias, 20 diriam respeito a um mesmo caso. Entre as pessoas denunciadas estão profissionais como cabeleireiros, jornalistas e aposentados. Caso seja apurado que, de fato, estas pessoas não estão no grupo prioritário de vacinação na cidade e, mesmo assim, receberam doses de vacinas, a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) deve acionar o Ministério Público. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

Rede de Notícias do Sindijori MG