Coluna MG

Minas terá nova rota turística

COLUNA MINAS GERAIS

17 de novembro de 2021

Os estados de Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal e Rio de Janeiro vão compor a maior rota turística do Brasil. Essa rota, chamada de Via Liberdade, nasceu com a intenção de ligar esses quatro lugares para que os turistas possam aproveitar tanto as belezas culturais e históricas quanto as belezas artísticas das regiões. No geral, são mais de mil quilômetros percorrido pela BR 040. Ao longo do trajeto, o viajante se depara com paisagens incríveis de montanhas e muita água também. A natureza é bem presente nessa rota e ainda possui uma gastronomia excelente para os visitantes conhecerem e se deliciar. (Jornal MG Turismo – Belo Horizonte)

Verba para recuperação de ruas

O Ministério do Desenvolvimento Regional aprovou termo aditivo de R$7.867.473,79 da Prefeitura de Araxá para obras de duplicação da avenida Hitalo Ros e recuperação de ruas e avenidas de diversos bairros. O recurso da Administração Municipal está adicionado como contrapartida ao contrato de R$34.418.655,45 com o Governo Federal para as intervenções. O aditivo foi publicado no Diário Oficial da União. O aditivo possibilita o reequilíbrio financeiro dos serviços contratados junto às empresas licitadas. Alguns materiais para a composição do asfalto tiveram aumento de100% dos valores contratados no período de crise financeira. (Correio de Araxá)

Escola conquista prêmio

A Escola Raimunda Coura de Barcellos, da rede pública municipal de Coronel Fabriciano, foi a primeira colocada no prêmio do programa Aprender Valor, promovido pelo Banco Central. A escola levou a premiação na categoria “Engajamento ao programa” e recebeu R$30 mil em dinheiro,. Sob coordenação do professor José Carlos Lima, a instituição foi a única de Minas Gerais a participar da etapa piloto e teve seu trabalho reconhecido como um dos melhores em nível nacional. Vinte e seis profissionais da escola participaram e concluíram a formação. Foram desenvolvidos atividades e projetos sugeridos na plataforma com todos os alunos da escola que estão na educação infantil e no ensino fundamental. (Diário do Rio Doce – Governador Valadares)

Grupo Sol vence edital

A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) publicou o resultado final referente ao Edital LAB, baseado na chamada Lei Aldir Blanc, que destina recursos para ações emergenciais no setor da cultura no estado mineiro. Na lista final dos classificados, consta 64 propostas e, ocupando a segunda colocação será o Grupo Sol de Teatro de Araguari, que recebe o recurso no valor de R$140 mil reais. Fundado em 1983, no município, o Grupo Sol de Teatro representa a cidade no cenário regional, estadual e nacional do teatro. (Gazeta do Triângulo – Araguari)

Obras do IML devem começar neste ano

A tomada de preços do processo de licitação para as obras do novo prédio do Instituto Médico-Legal (IML), em Ipatinga, foi marcada para o dia 6 de dezembro deste ano e a previsão é que os serviços tenham início no próximo mês. Na tomada de preços, a escolha do fornecedor é mediante a oferta de preços, sendo baseada em um cadastro prévio dos interessados, no qual será analisada a situação e a conformidade da empresa concorrente. A construção do novo prédio do IML é aguardada com expectativa e o local deve atender 16 municípios, com exames cadavéricos, de lesões corporais, de violência sexual, toxicologia e dentre outros. (Diário do Aço – Ipatinga)

Reincidência dos casos de violação

A redução de investimentos em políticas públicas sociais que marca o cenário nacional e a pandemia da covid-19 trazem à tona casos de violação de direitos de crianças e adolescentes. Em Juiz de Fora, essa realidade não é diferente. Dados dos três Conselhos Tutelares do município repassados pela Secretaria Especial de Direitos Humanos da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) mostram que 1.264 casos foram atendidos no primeiro semestre deste ano, o quer representa cerca de sete registros diários ao longo de seis meses. Desse total, quase 30% das ocorrências (397) são reincidentes. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)