Coluna MG

Marco traz aportes bilionários

20 de setembro de 2021

O novo Marco Legal das Ferrovias, que permite a construção de novas linhas férreas por meio de autorização simplificada, promete atrair investimentos vultosos para Minas Gerais. Três projetos previstos para o Estado dão conta de quase R$ 13 bilhões para a construção de novos trechos de escoamento de produção e já começaram a ser debatidos. O primeiro, de Uberlândia a Chaveslândia, no Triângulo, terá 235 quilômetros de extensão. O segundo, que ligará Ipatinga a São Mateus, no Espírito Santo, contará com 420 quilômetros de extensão. O terceiro é o ramal ferroviário Pirapora (MG)-Unaí (MG)-Luziânia (GO) (Diário do Comércio – Belo Horizonte).

Comércio e indústria com ânimos renovados

No dia 26 de agosto deste ano, o Comitê Local de Enfrentamento à Covid-19 decidiu passar Sete Lagoas para a onda verde. Em menos de um mês, a medida já reflete no comércio, que já vinha trabalhando praticamente dentro do “novo normal” mesmo na onda vermelha do Programa Minas Consciente. Segundo o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Geraldir Alves, houve um crescimento de 15% nas vendas entre a primeira quinzena de setembro de 2020 até o momento. (Jornal Sete Dias – Sete Lagoas)

Coletivo arrecada materiais

O coletivo “Rede do Bem” está promovendo uma campanha em prol dos estudantes em vulnerabilidade social. A ação é para aquisição de materiais escolares que serão direcionados para crianças assistidas por entidades formiguenses. O objetivo da ação é arrecadar livros e materiais escolares novos/ou usados (lápis, mochilas, cadernos). Interessados também podem fazer doações em dinheiro que serão revertidas para entidades filantrópicas que o projeto auxilia. (Nova Imprensa – Formiga)

Queijos mineiros premiados na França

Produtores de queijo de Minas Gerais lideraram o ranking brasileiro no concurso internacional “Mondial du Fromage et des Produits Laitiers”, promovido na França, entre 12 e 14 de setembro. Ao todo, o estado conquistou 40 medalhas, de 57 faturadas por produtores brasileiros. Inclusive, o Brasil ficou em segundo lugar na competição, perdendo apenas para a França, anfitriã do evento. Participaram 46 países e o total de medalhas concedidas foi 331. Os queijos premiados foram das cidades de Sabinópolis, São Roque de Minas, Cruzília e Piumhi. (Jornal MG Turismo – Belo Horizonte)

Escolas vão receber mobiliários e equipamentos

Todas as escolas estaduais da região do Vale do Aço receberão recursos para compra de novas carteiras e equipamentos. Na semana que passou foi entregue o termo de compromisso pelo Governo do Estado, quando cada colégio receberá o recurso e fará o processo de licitação para a compra dos móveis e equipamentos. O anúncio do investimento de R$800 milhões nas escolas estaduais foi feito pelo Governo de Minas. A liberação dos recursos será feita em lotes, de acordo com a necessidade de cada Superintendência Regional de Ensino (SRE). Neste primeiro lote, serão contempladas as escolas dos polos regionais Norte, Vale do Aço e Zona da Mata. (Diário do Aço – Ipatinga)

UFJF reabre Jardim Botânico

O período de um ano e meio com o Jardim Botânico fechado, proporcionou à fauna e à flora um momento de recuperação. As mais de 500 espécies que compõem a biodiversidade do local já estão disponíveis para a observação do público. Seguindo os protocolos de segurança, ainda com algumas restrições, a maior parte dos espaços abertos está disponível para visita. Aqueles que visitaram o jardim antes do fechamento, podem encontrar um espaço com uma biodiversidade mais rica. Isso porquê, durante o período sem visitação, algumas espécies de animais começaram a sair da floresta mais densa e se aproximaram da área acessível aos visitantes. Também foram soltos diversos bichos-preguiça resgatados de áreas urbanas. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)