Coluna MG

Levante Sul acolhe micro

23 de abril de 2020

Apoiar os micro e pequenos empresários nesse período de instabilidade econômica e planejar a retomada dos negócios no pós pandemia do Covid-19 é o objetivo do Projeto “Levante Sul de Minas”. Essa iniciativa apartidária, voluntária e sem fins lucrativos surgiu por meio do Grupo Educacional Unis e do Cesul Lab, que se organizaram junto ao Sebrae, às Associações Comerciais e outros apoiadores com o propósito de oferecer aos empresários as melhores armas para enfrentar o momento. O projeto pretende ajudar de forma maneira técnica esse segmento a manter seus negócios abertos, tendo fluxo de caixa e entendendo as necessidades e obstáculos no caminho da empresa. (Correio do Sul- Varginha)

Checagem de Passageiros

A Secretaria de Saúde de Itatiaiuçu implementou nos ônibus do transporte coletivo mais uma ação de precaução. Agora todos os passageiros que utilizam as linhas que cortam a cidade são submetidos à checagem de temperatura no momento de embarcar nos coletivos. Procedimento que é feito utilizando um termômetro digital de checagem a distância (sistema infravermelho), realizado por uma enfermeira disponibilizada pela Secretaria de Saúde. Assim quem apresentar temperatura elevada, que pode ser um dos sintomas de contaminação pela Covid-19, não poderá usar o transporte coletivo. (Folha do Povo – Itatiaiuçu)

Divinópolis com índice superior

Seguindo o padrão das estatísticas no Brasil, Divinópolis vê, dia após dia, o número de casos suspeitos e confirmados de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus (Covid-19) aumentar. O boletim de segunda-feira, 20, aponta 1.233 notificações e 57 confirmações. O último registro da Secretaria Municipal de Saúde apontava para 13 pacientes com quadro sintomático para a doença internados no setor de enfermaria e tem 11 em Centros de Terapia Intensiva. A cidade apresenta resultados superiores à média nacional e estadual. Em Minas Gerais são 5,40 confirmações para cada 100 mil habitantes. No Brasil, são 18,29. Em Divinópolis, 23,93. (Portal Agora- Divinópolis)

Esgotamento de leitos

Caso o isolamento social não seja aumentado na cidade, Juiz de Fora pode ter ocupação total dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS) em duas semanas. A projeção é de uma equipe de pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional da Universidade Federal de Juiz de Fora. Segundo a pesquisa, com a quantidade atual de leitos, para não saturar o sistema público de saúde no município até maio, é necessário aumentar em 50% a reclusão domiciliar. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

Moc aplica quase 160 mil de penas

A Justiça de Montes Claros liberou R$ 159,511 mil de recursos captados nas penas pecuniárias para as ações de enfrentamento a pandemia coronavírus. O presidente da Pastoral Carcerária e do Conselho da Comunidade, Dilson Antonio Marques explica que mesmo com a destinação das verbas de penas pecuniárias para construção da APAC de Montes Claros, como é do seu conhecimento, foi realizada reunião no dia 23 de março com os diretores dos presídios, buscando solução para ações de combate ao coronavírus e após apreciar as disposições e diretrizes e recomendações emanadas do Tribunal de Justiça de Minas Gerais foram aprovados três projetos. (Gazeta Norte
Mineira- Montes Claros)