Coluna MG

Ibituruna incentiva jovens

22 de julho de 2021

A Prefeitura Municipal de Ibituruna lança o Promid-CP (Programa Municipal de Inclusão Digital e Capacitação Profissional). O programa irá preparar jovens e adultos através de cursos e capacitações gratuitas para o mercado de trabalho e para desenvolverem seus próprios negócios, gerando renda para si e empregos para outros, com foco na formação técnica básica e profissões ligadas à tecnologia, bem como desenvolvimento de habilidades empreendedoras para criação e gestão de negócios próprios. (Jornal Panorama – Baependi)


O que você também vai ler neste artigo: 

  • Codau marca segundo TAF
  • Prefeitura promove Festival de Férias
  • Projeto altera provas de vida
  • Pirapora recebe R$1 milhão
  • Recomposição salarial retroativa

Codau marca segundo TAF

A Companhia Operacional de Desenvolvimento, Saneamento e Ações Urbanas (Codau) marcou a segunda reaplicação do Teste de Aptidão Física (TAF) destinado exclusivamente para cinco candidatos remanescentes. O TAF será dia 14 de agosto e encerrará o concurso 001/2019 para o cargo de Assistente de Serviços de Saneamento. O concurso já está homologado, mas esses candidatos, habilitados na primeira fase de provas objetivas, não fizeram o teste ocorrido nos dias 19 e 20 de junho por questões de saúde. O TAF será realizado no 4º Batalhão de Polícia Militar, na Praça Comendador Magalhães Pinto. (Jornal de Uberaba)

Prefeitura promove Festival de Férias

Com algumas adaptações visando à prevenção da covid-19, mas com diversão garantida, a Secretaria de Governança Educacional e Cultura de Coronel Fabriciano realiza, até o próximo dia 30, a 5ª edição do Festival de Férias, que visa oferecer aos alunos opções de recreação, lazer, esporte e cultura. Mais de 400 alunos da rede municipal participam das atividades realizadas em quatro núcleos: Clube Olímpico, na E.M. Maria das Graças Ferreira, na E.M. Vereador Nicanor Ataíde e no Núcleo Ivano Bessa (Curumim). Nestes locais, segundo a Secretaria, foram instalados brinquedos (cama elástica, infláveis etc) e preparadas brincadeiras, atividades esportivas, de dança, culturais, passeios e gincana. (Diário do Aço – Ipatinga)

Projeto altera provas de vida

Está em tramitação na Câmara Municipal de Juiz de Fora um projeto de lei que visa a obrigatoriedade, em alguns casos, da realização da prova de vida de beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em domicílio, pelas instituições bancárias. A proposta do vereador Bejani Júnior é de que pessoas idosas, com problemas graves de locomoção, deixem de ser obrigadas a comparecer às agências, para que não sejam expostas a riscos, sem necessidade. O texto considera a procuração como alternativa. No entanto, também leva em conta que há uma demora para obtê-la por meios judiciais, situação que pode levar o usuário a ter o benefício suspenso. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

Pirapora recebe R$1 milhão

A prefeitura de Pirapora foi contemplada com uma verba de R$1 milhão do Ministério da Saúde para a construção de uma unidade para tratamento de câncer na Fundação Hospitalar Doutor Moisés Magalhães Freire. A verba foi viabilizada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e pelo diretor da Presidência do Senado, Alexandre Silveira, a pedido do deputado estadual Arlen Santiago. “Esse recurso será muito importante para que, em breve, os piraporenses em tratamento de câncer não precisem mais viajar longas distâncias para realizar procedimentos de quimioterapia e radioterapia. É um enorme avanço em nossa saúde. Pirapora e a região precisam dessa unidade”, destacou o prefeito Alex César. (Gazeta Norte Mineira – Montes Claros)

Recomposição salarial retroativa

Depois de aprovada na Câmara Municipal a recomposição salarial de 4,52% para os servidores públicos municipais de Pará de Minas, o prefeito Elias Diniz sancionou a lei e anunciou que a recomposição será retroativa a janeiro e será paga no mês de julho. Os agentes políticos como secretários municipais, vice-prefeito e o prefeito não receberão essa recomposição, uma vez que os vereadores não aprovaram. Também foi divulgado que a prefeitura deve encaminhar à Câmara Municipal um projeto de lei solicitando autorização para beneficiar os servidores com a criação de um vale alimentação ou de uma cesta básica no valor de R$100, até dezembro de 2021. (Jornal Pará de Minas)

Rede de Notícias do Sindijori MG