Coluna MG

Fundação assume hospital

5 de Maio de 2021

A Prefeitura de Araguari passou a administração do Hospital de Campanha Municipal para a Fundação de Assistência, Estudo e Pesquisa de Uberlândia (Faepu). A ação visa a oferta de serviços de saúde para a operacionalização de 25 leitos clínicos, destacando a assistência com cuidados mínimos e intermediários aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), no que se refere ao tratamento da covid-19. Com as mudanças, o Executivo anunciou a oferta de 46 vagas temporárias. (Gazeta do Triângulo – Araguari)


O que você também vai ler neste artigo: 

  • Jovens recebem aulas de marketing
  • Ipatinga amplia a cobertura vacinal
  • Usiminas mostra pesquisa ambiental
  • Prefeitura alerta sobre falta de vacinas
  • Posto de saúde é alvo de reclamações

Jovens recebem aulas de marketing

A Prefeitura de Muriaé, através do Setor de Juventude da Fundarte e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, coloca em prática o ‘Projeto Jovem Digital’ que pretende levar aulas de Marketing para jovens com o objetivo de que eles auxiliem na divulgação do artesanato dos distritos. A ideia partiu de uma necessidade vinda do Setor de Turismo em ajudar os artesãos a venderem seus produtos na internet nos tempos de pandemia, em que as vendas presenciais caíram. O Setor de Juventude apresentou a proposta, que logo recebeu apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico na iniciativa de movimentar o comércio nos distritos. (Gazeta de Muriaé)

Ipatinga amplia a cobertura vacinal

Conforme a Secretaria de Saúde de Ipatinga, a chegada de uma nova remessa de vacinas permite a ampliação da campanha de imunização contra a covid-19 no município. Já nesta quarta-feira, 5, começam a ser atendidas com a primeira dose do imunizante as pessoas com idades de 60 e 61 anos. A pasta também comunicou que 59.494 já foram pessoas alcançadas pelas vacinas até o momento. A aplicação da segunda dose para os idosos e trabalhadores que já receberam a primeira dose também continua nesta semana, conforme programado pelos Agentes de Saúde. (Diário do Aço – Ipatinga)

Usiminas mostra pesquisa ambiental

Conforme determinado em Termo de Ajustamento de Conduta assinado entre o Ministério Público (MP) e a Usiminas, a empresa apresentou o resultado da terceira rodada de pesquisas relacionadas ao Estudo de Percepção de Incômodo Causado pelas Partículas Sedimentáveis (pó preto). De acordo com o levantamento, dos 1.140 moradores de 12 bairros distintos, 37% afirmam que a emissão diminuiu, sendo que este número era de 18% no ano passado. Do mesmo modo, o índice de pessoas que considera o aumento da emissão caiu de 49% para 27%. Entre as principais ações para diminuir a quantidade de partículas está a aplicação de polímetros em pilhas de materiais, instalação de canhão de névoa e lavador de pneus. (Diário do Aço – Ipatinga)

Prefeitura alerta sobre falta de vacinas

A Prefeitura de Juiz de Fora, por meio da Secretaria de Saúde, anunciou que, diante da suspensão temporária da aplicação referente à segunda dose da Coronavac, o município conta com uma reserva técnica de apenas mil unidades do imunizante, permitindo que estas sejam encaminhadas para idosos acima de 85 anos. Ao longo da semana, a faixa etária deve diminuir até que o estoque chegue ao fim, no entanto, espera-se pelo retorno do Governo Federal para dar continuidade ao calendário de vacinações que já foi pré estabelecido. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

Posto de saúde é alvo de reclamações

Após o registro de inúmeras denúncias sobre o estado de conservação do Posto de Saúde da comunidade Meireles, na zona rural de Pará de Minas, o Conselho Municipal de Saúde foi até o local e determinou que não há nada anormal no imóvel. No entanto, segundo as reclamações dos moradores, as irregularidades podem colocar em risco a saúde dos funcionários e pacientes que utilizam os serviços, uma vez que os protocolos de higiene não são seguidos, além de que o espaço não suporta a demanda. (Jornal Pará de Minas – Pará de Minas)

Rede de Notícias do Sindijori MG