Coluna MG

Espera Feliz terá eleição

11 de fevereiro de 2021

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais marcou para o dia 11 de abril as eleições suplementares para prefeito e vice no município de Espera Feliz, assim como em Campestre, no Sul do Estado. As eleições foram marcadas após aprovação pela Corte das resoluções contendo o calendário e as demais instruções que vão reger as eleições nos dois municípios. Devido ao cenário de persistência da pandemia de covid-19, o TSE determinou a aplicação às eleições suplementares das regras excepcionais previstas para as eleições ordinárias. (Gazeta de Muriaé)


O que você também vai ler neste artigo:

  • Fiemg completa 88 anos
  • Moc permite retorno das aulas
  • Carnaval previsto para setembro
  • Araxá vai ampliar leitos
  • Grupo debate retorno em JF
  • Poços não consta nos destinos

Fiemg completa 88 anos

12 de fevereiro marca o aniversário de fundação da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg). Neste dia, em 1933, a entidade foi criada com o objetivo de desenvolver o estado e o país por meio de uma indústria forte, geradora de riquezas, oportunidades, emprego e renda. De lá para cá, a história, escrita por milhares de empresários e trabalhadores, mostra como a instituição atuou para transformar a vida dos mineiros. Não foi diferente no último ano, quando a Fiemg trabalhou ativamente para mitigar os efeitos da pandemia do novo coronavírus. (Folha de Sabará)

Moc permite retorno das aulas

O prefeito Humberto Souto decidiu liberar o retorno das aulas presenciais a partir do dia 4 de março em Montes Claros, conforme Decreto assinado no dia 8 de fevereiro e já publicado, onde determina o funcionamento dos serviços educacionais, nas redes particular e pública de Montes Claros, disposto na Etapa Cinco, do plano municipal “Avança Moc, com responsabilidade”, enquanto durar a pandemia de Covid-19, mas desde que seja seguido o protocolo onde proíbe eventos como feiras, palestras, seminários, festas, assembleias, competições e campeonatos esportivos, salvo se exclusivamente por meio virtual. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros)

Carnaval previsto para setembro

O Carnaval de rua de Ouro Preto está oficialmente cancelado, porém, ainda existe uma possibilidade de que a festa aconteça ainda esse ano. A informação partiu da Prefeitura da cidade que indicou que o Carnaval pode acontecer em setembro, mas para isso, a cidade precisa atingir a meta de vacinação contra a covid-19. O prefeito Angelo Oswaldo explicou que caso isso aconteça, a festa poderá ocorrer no feriado de 7 de setembro, e seria, segundo o executivo, o “Carnaval da Independência” e o “Carnaval da Liberdade”, informou o prefeito. (Jornal O Liberal Net- Itabirito)

Araxá vai ampliar leitos

Contratação de novos profissionais, materiais hospitalares, medicamentos, equipamentos de proteção individual (EPIs), dentre outros suprimentos necessários para a ampliação de leitos para o tratamento de casos suspeitos e confirmados de Covid-19. Para isso, a Prefeitura de Araxá encaminhará um repasse de quase R$ 2,2 milhões para a implantação de novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva na Santa Casa de Misericórdia de Araxá. Serão três parcelas de R$ 729.640,25 para custeio de 10 leitos de UTI. (Diário de Araxá)

Grupo debate retorno em JF

Juiz de Fora terá um grupo de trabalho (GT) específico para discutir os protocolos necessários para o retorno presencial das atividades escolares. A informação foi dada pela secretária de Educação, Nádia Ribas, nesta terça-feira, 9, durante reunião realizada na Câmara Municipal que discutiu o assunto junto com representantes de Ministério Público, Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino da Região Sudeste de Minas Gerais (Sinepe/Sudeste), Sindicato dos Professores (Sinpro-JF) e vereadores. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

Poços não consta nos destinos

O Ministério do Turismo divulgou a lista de municípios considerados os mais promissores destinos turísticos para este ano. O levantamento foi feito com base na preferência do turista com a retomada das atividades seguras. A Pasta listou as 21 cidades lembradas pelos viajantes como possíveis rotas após a covid-19.

Rede de Notícias do Sindijori MG