Coluna MG

Copasa quer continuar em Divinópolis

COLUNA MINAS GERAIS

10 de janeiro de 2022

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) entrou com recurso na decisão do processo administrativo disciplinar da Prefeitura de Divinópolis. A ação, idealizada pela Controladoria Geral, decidiu pela nulidade e encerramento do contrato firmado em 2011 entre o Município e a empresa. “A Copasa informa que não concorda com a decisão administrativa de que haveria ilegalidade na contratação do Município quanto a esta concessionária, no que protocolou recurso administrativo contra a decisão no dia 3 de janeiro”, informou em nota. (Jornal Agora – Divinópolis)

Manhuaçu decreta emergência

A Prefeitura de Manhuaçu decretou ‘Situação de Emergência em Saúde Pública, em razão dos efeitos decorrentes da Pandemia da Covid-19 e da necessidade de ações para conter a propagação de Doenças Infecciosas Virais Respiratórias’. O Decreto assinado pela Prefeita Maria Imaculada considera, entre outros fatores, o aumento expressivo da procura de atendimentos na UAR (Unidade de Apoio Respiratório), em decorrência da proliferação de doenças virais infecciosas no Município e a situação que demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública. (Diário de Manhuaçu)

Hospital de Campanha aberto

Para dar assistência aos pacientes com sintomas de síndrome gripais, o Hospital de Campanha e o Ambulatório de Síndrome Gripal do Hospital Margarita Moralles funcionarão neste sábado (8) e domingo (9) em Poços de Caldas. A Secretaria de Saúde reforça que todos os cuidados devem ser seguidos: uso interrupto de máscara, higienização das mãos e evitar aglomeração em recintos fechados. (Jornal Mantiqueira – Poços de Caldas)

Fogos com estampido proibidos

A lei que altera o inciso IV do artigo 115 do Código de Posturas Municipal e proíbe a venda de fogos de artifício em Uberlândia foi sancionada pelo prefeito Odelmo Leão e publicada no Diário Oficial do Município. A partir de agora fica proibido comercializar e queimar fogos de artifício, bombas, busca-pés, morteiros ou outros fogos e artefatos pirotécnicos com estouros e estampidos no município. Antes da aprovação e sanção da nova lei, a legislação proibia apenas a soltura dos fogos com estouros e estampidos, mas, a partir desta quarta, a comercialização também está vedada. (Diário de Uberlândia)

Mariana instala câmaras

A Prefeitura de Mariana, por meio da Secretaria de Defesa Social, instalou câmeras de segurança em pontos estratégicos da sede e dos distritos. O investimento visa garantir maior tranquilidade para a população, visto que os equipamentos foram instalados em ruas, praças e avenidas. Os equipamentos, possuem alta resolução, sistema infravermelho com alcance de até 100 metros, zoom de longo alcance e controle panorâmico de 360°, o que possibilita a movimentação para diversas direções. Mais de 100 câmeras de alta resolução foram instaladas no município. (O Liberal – Itabirito)

Segurança de embarque e desembarque

Projeto aprovado pela Câmara prevê pontos de embarque e desembarque para taxistas e motoristas de aplicativos em Itabira segue para sanção da Prefeitura. A justificativa para o projeto visa garantir mais segurança aos passageiros e evitar que motoristas estacionem em locais proibidos. Idealizado pelo vereador Ney Professor, o projeto de lei recebeu o apoio de todos os demais parlamentares da Câmara que, juntos, assinaram a proposta. O vereador conta que recebeu o pedido dos próprios motoristas de aplicativos, que solicitaram a implantação da medida. (Jornal Classivale – Itabira)