Coluna MG

Coluna de Minas: Moc ganha Atlas ambiental

7 de abril de 2020

A cidade de Montes Claros criou seu primeiro Atlas Ambiental, oferecendo uma série de dados sobre o município, com diagnósticos que podem ser utilizados para orientação, elaboração e execução de políticas ambientais e, ainda, no ensino específico sobre Montes Claros na rede pública e particular de ensino fundamental e médio. Organizado a partir de informações detalhadas obtidas de pesquisas da Unimontes sobre geoprocessamento, meio ambiente e recursos naturais do município, o Atlas contou com o apoio das secretarias municipais de Meio Ambiente e Educação, do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Unimontes e da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino Superior (Fadenor), além do Conselho de Defesa e Conservação do Meio Ambiente. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros)

 

Prefeitura lança aplicativo

A Prefeitura de Varginha lançou o aplicativo “Varginha contra o Coronavírus”, resultado de uma parceria entre as Secretarias Municipais de Planejamento e a de Saúde visando facilitar os atendimentos da grande demanda. Nessa fase inicial de lançamento, o aplicativo vai ajudar a organizar os atendimentos, inclusive separar quem tem sintomas do coronavírus de quem não tem e busca atendimentos como odontológico, ou especialidades, como pediátrico ou ginecológico. O aplicativo funciona via web, sem necessidade de ser instalado, portanto não ocupa espaço na memória do celular e pode também ser acessado por computador no site da Prefeitura de Varginha. (Correio do Sul- Varginha)

 

Uberlândia terá 10 mil testes

A Justiça do Trabalho acatou, nesta quinta-feira, 2, o pedido feito pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em Uberlândia para liberar R$ 1 milhão para a compra de 10 mil testes rápidos para avaliação de pacientes com suspeita do novo coronavírus na cidade. A informação foi divulgada pela Prefeitura de Uberlândia nesta sexta-feira, 3. O autor da ação deferida pela juíza do Trabalho Tânia Mara Guimarães Pena, o procurador Paulo Veloso, reforçou que é preponderante a união das instituições para a superação da pandemia vivida pelo país. A verba é oriunda do pagamento de indenização por danos morais coletivos, gerado após ação civil pública movida pelo MPT. (Diário de Uberlândia)

 

Processamento de Alimentos

Em decorrência do isolamento social no combate ao coronavírus, o prefeito Paulo Piau, baixou decreto, na sexta-feira, 3, determinando a ocupação e dos prédios destinados aos programas ‘Restaurante Popular’ e ‘Cozinha Comunitária’, para a instalação e o funcionamento do Centro de Processamento de Alimentos. A partir da medida, vai ser organizada a utilização dos imóveis e operacionalização do trabalho. Os imóveis ficam na avenida Nelson Freire, no bairro Leblon e Rua Itália, no bairro Boa Vista, respectivamente. Nos próximos dias, vai ser elaborado e publicado ato normativo para regulamentar a decisão do Executivo. (Jornal de Uberaba)

 

Guaxupé recebe R$150 mil

A Secretaria Municipal de Saúde de Guaxupé confirmou na manhã da sexta-feira, 3, que o Governo Federal fez o repasse ao Governo de Minas de aproximadamente R$61 milhões que foi repassado aos municípios mineiros para o custeio de ações de saúde para enfrentamento ao coronavírus. Guaxupé foi contemplada com R$149.357,00 que vai ser utilizado para aquisição de insumos para combate ao COVID-19, tais como: uniformes, máscaras para equipe médica e enfermeiros, luvas, álcool gel, entre outros equipamentos.