Coluna MG

Prefeitura testa varrição mecanizada

12 de Maio de 2021

Buscando investir em tecnologias que favoreçam a limpeza urbana, a Prefeitura de Caratinga iniciou os testes para a utilização de um caminhão para a varrição mecânica das ruas da cidade. De acordo com as informações da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, a máquina foi adquirida por meio de convênio com o consórcio de municípios e conta com diversas escovas e um suporte de sucção, que varre e reserva todos os resíduos. Assim, o principal objetivo é que o método otimize o atendimento, principalmente, em locais com maior tráfego de veículos. (Diário de Caratinga)


O que você também vai ler neste artigo:

  • Obrigatoriedade em notificação de precatórios
  • Professores contra municipalização
  • Tremor de terra assusta moradores
  • Rio Maracujá será pauta de reunião
  • Batalhão Mauá comemora 56 anos

Obrigatoriedade em notificação de precatórios

A Câmara Municipal de Divinópolis derrubou o veto total do Executivo ao Projeto de Lei que estabelece a obrigatoriedade de notificação para o beneficiário de pagamento de Requisição de Pequeno Valor e Precatórios (RPV) por parte do município. Isto é, a prefeitura deve notificar, em até dez dias, todos os cidadãos que tenham alguma indenização a ser recebida e o aviso deve ser enviado via postal ou endereço eletrônico. Segundo os parlamentares, a proposta visa oferecer maior efetividade ao princípio constitucional da publicidade, em seu viés do direito à informação. (Portal Agora – Divinópolis)

Professores contra municipalização

A prefeitura de Juiz de Fora anunciou que não pretende aderir ao Projeto Mãos Dadas e, com isso, profissionais da rede de educação estadual anunciaram que apoiam a decisão. Isto porquê os representantes da classe têm criticado o programa sugerido pelo Governo de Minas Gerais, o qual visa a incentivar a municipalização dos anos iniciais do ensino fundamental. Deste modo, parte dos serviços prestados na rede estadual de educação seriam transferidos para o município. Este é um projeto de lei de autoria do atual governador Romeu Zema, que tramita na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

Tremor de terra assusta moradores

Os moradores das comunidades rurais de Jatobá, Quem Quem Barreiro da Raiz, em Janaúba; e Bem-querer, em Riacho dos Machados, foram surpreendidos com um forte estrondo seguido de tremor de terra. O fenômeno está em processo de investigação pela Estação Sismológica do Norte de Minas, vinculada à Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). As localidades rurais ficam nas imediações da Barragem do Bico da Pedra, um dos maiores reservatórios de água de Montes Claros. (Gazeta Norte Mineira – Montes Claros)

Rio Maracujá será pauta de reunião

O grupo Myr Projetos Sustentáveis vai realizar um seminário online, amanhã, 13, para discutir a respeito do plano de elaboração de diagnóstico ambiental da Bacia do Alto Rio Maracujá. O encontro será transmitido pelo canal no Youtube, visto que será aberto para toda comunidade. O objetivo é analisar a situação das propriedades rurais e dos loteamentos para desenvolver projetos de melhoria ambiental na região, incluindo a diminuição da turbidez da água, maior qualidade ambiental e recuperando espécies de peixes e toda a cadeia alimentar associada. (O Liberal – Ouro Preto)

Batalhão Mauá comemora 56 anos

O 2º Batalhão Ferroviário (Batalhão Mauá) comemora seus 56 anos de chegada à cidade de Araguari, o que colaborou significativamente com o desenvolvimento do município. Atualmente, o local é um polo de instrução de engenharia militar em virtude de sua estrutura organizacional, enfatizando a capacidade técnica-profissional de seus efetivos, na qualidade de seus trabalhos e da sua mão de obra especializada em rodoferrovias. (Gazeta do Triângulo – Araguari)

Rede de Notícias do Sindijori MG