Coluna MG

40 mil autuações de trânsito em Poços

18 de junho de 2022

No ano de 2021 foram 43.911 multas aplicadas pelos agentes de trânsito, guardas municipais e policiais militares, bem como os radares em Poços de Caldas. Em 2020 foram 14.799 e nos primeiros cinco meses de 2022, 8.611. Neste período então, foram registradas 67.321 penalidades aos motoristas. Os números são da Secretaria Municipal de Defesa Social em resposta a um requerimento da vereadora Regina Cioffi, já que as multas de trânsito causam polêmicas, reclamações e movimentam as redes sociais da cidade. Foram arrecadados R$ 2.396.517,10 em 2020, R$ 5.034.903,57 em 2021 e R$ 306.088,03 até maio de 2022. O total de arrecadação das multas neste período seria de R$ 7.737.508,70. (Jornal Mantiqueira – Poços de Caldas)

 

Estado investiga varíola dos macacos

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais confirmou que investiga três casos suspeitos de varíola dos macacos no estado. Segundo o comunicado, dois novos pacientes foram identificados em Belo Horizonte, sendo um deles residente em BH e outro em Ouro Preto. Ainda não há casos confirmados em Minas. Com a atualização, o estado tem quatro notificações, sendo que uma delas foi descartada pelo Ministério da Saúde. Além dos dois casos suspeitos registrados na capital, ainda segue em investigação um terceiro paciente da cidade de Ituiutaba, no Pontal do Triângulo, notificado pelo Município. (Diário de Uberlândia – Uberlândia)

 

Iveco e Iveco Bus firmam parceria

O projeto-piloto da Itália sobre tecnologia de recarga indutiva para veículos elétricos, conhecido como “transferência de energia dinâmica sem fio” (DWPT, na sigla em inglês – Dynamic Wireless Power Transfer), foi apresentado no circuito de testes “Arena do Futuro”, em Chiari, na província de Bréscia. A Iveco e a Iveco Bus, marcas do Iveco Group, estão envolvidas na iniciativa com outros parceiros industriais, universidades e instituições. O projeto foi lançado em maio de 2021 e é coordenado pela A35 Brebemi, empresa da operadora global de infraestruturas de transporte Aleatica, centrada em soluções de mobilidade sustentáveis e inovadoras. (Sete Dias – Sete Lagoas)

 

Falta de manutenção em cabos

Resposta de empresa na área de telefonia à Câmara Municipal de São Sebastião do Paraíso, reacendeu discussão sobre falta de manutenção e adequação de cabeamento aéreo no município. Tem sido recorrentes denúncias e pedidos de providências para o grande número de cabos de telefonia e sinais de tevê, soltos ou mal colocados em vias públicas de Paraíso, feitos por vereadores, que alertam para o perigo de acidentes. Outra questão também levantada se refere ao volume de cabos, que em alguns casos podem estar ocasionando excesso de peso nos postes utilizados para a rede de energia elétrica. (Jornal do Sudoeste – São Sebastião do Paraíso)

 

Obras de implantação e melhorias avançam

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais segue com as obras de implantação e de melhorias do Contorno de Cataguases, na Zona da Mata. No total, 6,4 quilômetros de pistas serão implantadas e restauradas, com investimento da ordem de R$15 milhões, por meio do Provias, maior programa de obras rodoviárias da última década do Governo de Minas. Quando concluído, o contorno será a principal via de acesso ao novo terminal rodoviário do município e uma importante conexão com a rodovia CMG-120, trazendo melhores condições de trafegabilidade e segurança para veículos e pedestres, além desafogar o trânsito em Cataguases. (Folha Sabará – Sabará)

 

Artesãos faturam mais de R$ 300 mil

Iniciativa possibilitou a aproximação entre lojistas e artesãos, além da valorização da identidade e origem do artesanato produzido nas regiões mineiras. A expedição “Trip to Origin”, que levou lojistas para comprar diretamente dos artesãos do Vale do Jequitinhonha e Norte de Minas, gerou R$ 319 mil em compras diretas e encomendas. O resultado financeiro foi divulgado pelo Sebrae Minas e pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede-MG). (Em Tempo – Nanuque)

 

ANP fiscaliza postos em Caeté

A operação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) foi realizada por 41 agentes regulamentados em 11 cidades, entre os dias 6 e 9 de junho, para verificar, por exemplo, a existência de um número mínimo de extintores em revendas de gás. Os fiscais percorreram revendas em Belo Horizonte, Betim, Ibirité, Três Corações, Três Pontas, Caldas, Caeté, Poços de Caldas, Carmo do Rio Claro, Bandeira do Sul e Campestre. Houve autuações de revendedores autuados pela ausência de instrumentos de análise de combustíveis, verificação irregular na bomba abastecedora e não identificação do fornecedor da marca dos produtos. (Jornal Opinião – Caeté)