Cidadania Destaques

ONG mantida por empresa multinacional inicia atividades em Monte Santo

24 de janeiro de 2022

A ONG foi inaugurada no final de 2021 em Monte Santo e inicia as atividades agora, junto com o calendário escolar./ Foto: Divulgação.

M. S. MINAS – A AssociAção Vida, ONG sem fins lucrativos mantida pela UPL, multinacional que atua no mercado de insumos agrícolas, inicia as atividades em de sua terceira unidade, em Monte Santo de Minas. Segundo informações da empresa, a instituição, criada em 2008, também atua com jovens carentes de Campinas (SP) e Sorriso (MT). A ONG foi inaugurada no final de 2021 em Monte Santo e inicia as atividades agora, junto com o calendário escolar, para jovens a partir de 13 anos até os 18.

O foco da AssociAção Vida são estudantes de famílias com até meio salário-mínimo de renda mensal per capta, que estão deixando o ensino fundamental para ingressar no ensino médio e/ou profissionalizante. As unidades de Campinas e Sorriso atendem a 50 jovens cada. Em seu primeiro ano, a unidade de Monte Santo de Minas recebe 10 jovens. A cada ano, outros 10 jovens da cidade serão integrados até atingir 50, número ideal para receberem acompanhamento individualizado. Os jovens ficam cinco anos na instituição.

As atividades da ONG são realizadas no contraturno escolar dos adolescentes, sempre garantindo uma refeição completa para eles. A programação é eclética e inclui palestras com temáticas diversas, como higiene, saúde, abusos, violência e criminalidade, além de reforço escolar em escolas técnicas e diversos cursos educacionais, apoio psicológico e social, sempre estimulando os jovens a se posicionarem, com respeito às escolhas dos outros.

“Nossa prioridade é proporcionar condições para que esses jovens sejam os melhores nas áreas que escolherem estudar e, ao final do ciclo de cinco anos, terem acesso a bons trabalhos com planos de carreira e desenvolvimento, evitando que desenvolvam vícios e sejam vítimas ou autores de atos de violência”, informa a diretora social da ONG, Luciane Augusta.

“Trabalhamos com os valores, pensamento crítico, acesso a novos conhecimentos e oportunidades de crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional de cada jovem da ONG, tendo o estudo como instrumento de mobilidade social “, complementa Luciane.

“A educação tem o poder de tornar melhor o mundo em que vivemos. Com a AssociAção Vida, a UPL contribui para a formação de jovens que serão importantes agentes de mudança do país”, afirma a diretora de Recursos Humanos da UPL Brasil, Maria da Conceição Guimarães.

Em seus 14 anos de atuação, a AssociAção Vida soma resultados fantásticos: 30% dos jovens atendidos conquistaram bolsas de estudos em escolas particulares, 60% ingressaram em universidades (incluindo medicina, engenharia, biologia e licenciaturas) e 87% foram contratados em regime CLT por empresas, como a UPL.

“Esses jovens nos orgulham. Eles atingem níveis de formação educacional, de emprego, renda e família que não imaginavam para si. Os exemplos se sucedem e isso mostra o acerto do trabalho da AssociAção Vida, focado em cada jovem, entendendo sua realidade, compreendendo os seus limites”, ressalta Luciane Augusta.

A UPL é uma fornecedora global de produtos e soluções agrícolas sustentáveis, com receita anual superior a US$ 5 bilhões e presente em mais de 130 países, com mais de 10 mil colaboradores globalmente.