Cidadania Destaques

‘Caminhão da Saúde’ atende mais cinco regionais

3 de setembro de 2021

Em cada uma das cidades da região de passos, serão atendidos 80 homens e 80 mulheres./ Foto: Divulgação.

PASSOS – O ‘Caminhão da Saúde’ do Programa Saúde Itinerante foi um sucesso e ganha agora uma segunda fase abrangendo novas regiões. A Gerência de Formação Profissional e Promoção Social do Sistema Faemg/Senar/Inaes reuniu-se com gerentes regionais e representantes de Sindicatos Rurais e prefeituras municipais para anunciar a novidade e explicar detalhes da ação.

O encontro foi conduzido pela gerente Liziana Rodrigues e pela analista de Promoção Social Michelle Camila de Paula. No mês de outubro o Caminhão da Saúde estará na regional de Passos atendendo produtores rurais dos municípios de Guaranésia, Monte Santo de Minas e Alterosa.

Em cada uma das cidades da região de Passos serão atendidos 80 mulheres e 80 homens. Em Monte Santo o caminhão vai fazer o serviço no dia 24; em Guaranésia no dia 27 e em Alterosa no dia 29, sendo para 5 homens e 5 mulheres a mais.

Com esta nova fase, serão ofertados mais 2.500 atendimentos. Os exames começam em outubro, pela Regional de Juiz de Fora. Em seguida, o caminhão se dirige para as regionais de Lavras, Passos, Uberaba e Patos de Minas.

A primeira fase tem objetivo de ofertar 5 mil exames gratuitos – só na Regional de Viçosa, a primeira a receber o caminhão, cerca de 1.000 homens e mulheres fizeram os exames de Papanicolau, mamografia e PSA.

“Fizemos um piloto em outras regionais e foi um sucesso muito grande”, informou Liziana Rodrigues. “É um projeto que realmente faz muita diferença e muda a vida do produtor rural, que às vezes se esquece desses cuidados ou não tem acesso. Vamos precisar muito da ajuda e comprometimento dos parceiros, para que possamos fazer com que o Saúde Itinerante continue sendo um sucesso, como vem sendo até então”, disse.

A participação das prefeituras e parceiros será importante para garantir o preenchimento das fichas dos pacientes, do local adequado para os atendimentos e da assistência necessária para que tudo funcione perfeitamente.

Liziana também reforçou que todos devem ter total atenção aos cuidados contra a covid: “o local deve ser aberto e limpo, e os horários das consultas devem ser organizados para não haver aglomeração nem muito tempo de espera”, alertou.

De acordo com a analista de Promoção Social Michelle Camila de Paula, esta primeira reunião com os parceiros foi feita com bastante antecedência para que os municípios possam se preparar para receber os atendimentos com a devida estrutura

Para participar do Programa Saúde Itinerante, procure o Sindicato Rural do seu município, ou o Escritório Regional do Sistema Faemg/Senar/Inaes da sua região.