• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    13/01/2020 08h22 - Atualizado em 13/01/2020

    Entre Prosas: João Carlos Leite

    João Carlos Leite, atual presidente e um dos idealizadores do Sicoob Saromcredi

    Se fossemos escolher uma única frase para resumir a essência e história do Sicoob Saromcredi, o ditado “a união faz a força” caberia perfeitamente nesta descrição. Mais que uma instituição financeira, a Cooperativa nasceu graças ao esforço de 22 produtores rurais de São Roque de Minas, impulsionados pela necessidade de trazer para o município condições de desenvolvimento, aquecendo a economia local e facilitando a vida dos moradores.

     

    Com 28 anos de história, o Sicoob Saromcredi revolucionou São Roque de Minas, ganhou novas praças e se transformou em uma das maiores cooperativas do Estado, atendendo hoje 11 municípios, com população de 1,7 mil até mais de 180 mil habitantes, e com perspectiva de abertura de mais 6 agências ainda em 2020.

     

    João Carlos Leite, atual Presidente e um dos idealizadores do Sicoob Saromcredi, se emociona ao relembrar dos primórdios da Cooperativa, que nasceu para atender as necessidades básicas de uma população que estava desprovida de atendimentos bancários. “O sucesso da Cooperativa foi tão grande que, com apenas um ano de funcionamento, boa parte da movimentação financeira de São Roque de Minas já estava de volta”, recorda.

     

    Hoje, a Cooperativa oferece todas as soluções financeiras para Pessoa Física, Jurídica e Agronegócio, além de fomentar diversos projetos de desenvolvimento sócio econômicos em toda sua área de atuação, valorizando o empreendedorismo, a educação e qualidade de vida das comunidades onde está inserida.

     

    Em Passos, o Sicoob Saromcredi está presente desde agosto de 2016, contando com uma agência na Av. Juca Stockler e um Ponto de Atendimento no Sindicato Rural. Dos 174 colaboradores da Cooperativa, 17 trabalham em Passos e mais empregos serão gerados com a inauguração de uma nova agência na cidade, que será construída na Avenida Poços de Caldas. “Além da reforma da agência situada na Juca Stockler, já estamos com o projeto pronto para iniciar a construção desta nova agência. O espaço será moderno, confortável e com uma ambientação que remete a um lar. O objetivo é que nossos associados se sintam bem em nossa casa, afinal, eles fazem parte da família. Esta inauguração deve ocorrer ainda no primeiro semestre deste ano”, adianta Leite.

     

    Além da geração de emprego, o Sicoob Saromcredi tem atuado em diversas ações sociais em Passos, através de parcerias com o Setor Moveleiro, Sindicato Rural, Poder Público e com o Sebrae na realização do Programa de Educação nas Escolas Municipais.

     

    Folha – Como começou a história do Sicoob Saromcredi?

     

    João Carlos - A partir da união de pessoas, que se sentiram desafiadas a mudar uma realidade de descrença com São Roque de Minas, motivadas especialmente pelas consequentes negativas dos bancos, que alegavam não ser ali uma praça bancária. Especialmente com o fechamento da Minas Caixa, em 1991, um caos foi instaurado no município, pois o comércio passou a não funcionar e todos precisavam se deslocar para atender suas necessidades básicas de prestação de serviços financeiros e consumo geral. Daí, um grupo de 22 produtores rurais, com o apoio do poder público municipal e comerciantes, fundou a Saromcredi para prestar os serviços financeiros básicos, como abertura de conta correte, fazer a troca de cheques e realizar pagamentos de boletos, mas que em pouco tempo, foi se tornando o agente do desenvolvimento local, já que o principal ativo de uma cooperativa são as pessoas, e por elas é que se deve atuar, contribuindo para o desenvolvimento delas e da economia local, a partir da identificação de suas potencialidades.

     

    P – Em quais regiões e municípios a Cooperativa de Crédito atua?

     

    R - Além de São Roque de Minas, localizada na região Sudoeste de Minas, temos Passos, São João Batista do Glória, Delfinópolis, Cássia, Fortaleza de Minas, Medeiros e Vargem Bonita. Na região Sul de Minas, Poços de Caldas e Senador José Bento, além de Pratinha, na região do Alto Paranaíba.

     

    P – Como explicar uma cooperativa que nasceu em uma pequena localidade, como São Roque de Minas, passar a atuar em outros 10 municípios, inclusive de grande porte como Passos e Poços de Caldas?

     

    R - Acredito que em função da coerência com os princípios e valores do cooperativismo, especialmente no que diz respeito a contribuir para o desenvolvimento daquela comunidade onde se está presente, a Cooperativa ganhou uma credibilidade, passando a ser demandada por outros municípios do entorno da Serra da Canastra, inicialmente de porte similar ao São Roque de Minas, que passavam pelos mesmos problemas, ou seja, abandono dos bancos tradicionais. Com isso, acabamos tendo maior notoriedade, passando a ser convidado também por municípios maiores, onde naturalmente, os desafios são proporcionais, porém, a lógica de manter uma postura voltada para os interesses dos cooperados e comunidade, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social é a mesma.

     

    P – Como surgiu a oportunidade de abrir as portas da Cooperativa em Passos?

     

    R - A partir da constituição do Programa Líder, do Sebrae, um grupo de gerentes que já atuavam na região Sudoeste de Minas foi convidado a participar dessa iniciativa inovadora, realizado em Passos, permitindo uma maior aproximação das lideranças locais, as quais se identificaram com a filosofia de trabalho e atuação do Sicoob Saromcredi, resultando no convite para abertura de uma agência. E a resposta tem sido muito positiva da comunidade nestes 3 anos e meio de atuação, pois já são 1.500 associados, dentre pessoas físicas e empresas, incluindo produtores rurais, que hoje contam com atendimento especial, na sede do Sindicato Rural, graças a parceria desta entidade representativa da classe.

     

    P – O que levou a Cooperativa a definir por um Ponto de Atendimento exclusivo no Sindicato Rural de Passos?

     

    R - Fomos convidados pelo Sindicato Rural, que enxergou no Sicoob Saromcredi um parceiro em potencial para atender os produtores rurais em suas necessidades de natureza financeira, de forma a potencializar seus negócios. Nossa origem advém do público rural, uma vez que quando iniciamos no segmento rural, e somente em 2004 é que nos tornamos uma cooperativa de livre admissão. Esta parceria tem sido muito frutífera, pois estamos podendo contribuir mais para o crescimento dos negócios no campo, ao mesmo tempo, promovendo o princípio da intercooperação entre as entidades.

     

    P – Nestes quase 3 anos e meio de atuação em Passos, qual balanço você faz e quais os diferenciais promovidos?

     

    R - O balanço sem dúvidas é positivo, a começar pela variedade do público que atendemos, oriundo de vários segmentos, o que nos permite promover a inclusão financeira de forma democrática e participativa. São dois pontos de atendimento (um na Juca Stockler e outro na sede do Sindica Rural), com a admissão de novos associados e aberturas de contas todos os dias, servindo a quem deseja aplicar e a quem deseja tomar crédito, além da demanda constante pelos produtos do portfólio. Vale ressaltar a parceria com o setor moveleiro de Passos, no qual a Cooperativa juntamente com o Sebrae são parceiros no fortalecimento do segmento, através da cultura da cooperação e promoção de atividades que evidenciem a qualidade e a vocação do município neste segmento, no qual a Cooperativa já investimento cerca de R$ 50.000,00. Nesta mesma linha de acreditar no potencial empreendedor do município, participamos das duas últimas edições da Feira de Agronegócios, junto ao Sindicato Rural. Recentemente estabelecemos parceria com o Hospital Regional do Câncer, fazendo a doação de equipamento móvel para realização de campanhas de capitação de recursos para a entidade, além de dois totens para carregadores de celular, a ser utilizadas na recepção do hospital, que atende toda uma região. Além do Programa de Educação nas Escolas, pelo qual temos levando através de parcerias uma contribuição para as escolas, através da capacitação de professores, objetivando a oferta de uma educação que transforma vidas de crianças e jovens, pautada em valores cooperativistas e postura empreendedora. O Sicoob Saromcredi se sente grato por toda esta receptividade, confiança e abertura para a realização de parcerias, pois foi um grande desafio começar a atuar em uma cidade grande como Passos, já que nossa experiência até então advinha de cidades pequenas. Estamos aprendendo, com muita humildade, mas ao mesmo tempo, certos de que a reciprocidade nos possibilitará contribuir muito mais com Passos e região.

     

    P – Além de prestar serviços de natureza financeira, qual é a missão de uma cooperativa?

    R - Nossa missão está pautada nos princípios e valores cooperativistas, especialmente de unir pessoas e entidades para promover o desenvolvimento econômico e social do território, através da valorização das pessoas e potencialização dos recursos existentes. Assim, conseguiremos gerar justiça financeira e prosperidade, ou seja, geração de emprego e renda, realização de sonhos e visualizar novos horizontes para as gerações futuras.

     

    P – O Programa de Educação Cooperativista, Empreendedora e Financeira nas Escolas, denominado CoopEducação, que hoje está presente em todas as escolas municipais de Passos, é reconhecido nacionalmente. Como nasceu o programa, qual sua abrangência e importância?

     

    R - O programa nasceu em São Roque de Minas para atender uma demanda social na área de educação, visando o contribuir para o desenvolvimento das lideranças futuras locais. Daí, foi fundada a Cooperativa Educacional de São Roque de Minas, formada por pais de alunos com a parceria do Sicoob Saromcredi em 1999. Para tanto, a Cooperativa preza pelo ensino pedagógico de qualidade, utilizando-se de maneira transversal as temáticas do cooperativismo, empreendedorismo e educação financeira, gerando resultados surpreendentes, tanto por parte dos educadores quanto dos alunos, especialmente deste quanto a mudança de postura diante a vida. Em 2013 o poder público municipal demandou do Sicoob Saromcredi que esta mesma proposta fosse levada para as escolas públicas em São Roque de Minas, sendo que o mesmo ocorreu nos demais municípios da área de atuação da Cooperativa, sempre em parcerias, especialmente com o Sebrae, Secretarias Municipais e Superintendências Regionais de Ensino. Em Passos, o programa teve seu início há dois anos, contemplando todas as escolas municipais, a partir da demanda da própria Prefeitura Municipal, que conseguiu implantar em todas as suas escolas, beneficiando quase 10 mil alunos e rendendo inclusive ao município o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, na categoria Educação Empreendedora. Ao todo são mais de 18 mil alunos beneficiados em 62 escolas em 9 municípios, já tendo capacitado mais de 1.500 professores.

     

    P – O Sicoob Saromcredi, com sua liderança, apoia uma das mais nobres iniciativas de valorização da identidade mineira, que é o Programa de Qualificação do Queijo da Região da Serra da Canastra, símbolo mineiro e nacional, reconhecido mundialmente. Conte-nos um pouco melhor sobre esse trabalho.

     

    R - Durante décadas, o Queijo da Região da Serra da Canastra foi considerado clandestino. Com o apoio do Sicoob Saromcredi, união dos produtores, órgãos governamental e não-governamental e chefs de cozinha renomados, o queijo artesanal teve sua produção e comercialização regulamentada a partir da publicação da Instrução Normativa (IN) 30/2013, e agora, mais recentemente com sanção da lei federal 13.680/2018. Todo trabalho, alinhado às ações de fortalecimento da classe, agregação de valor e segurança alimentar do consumidor, tem assegurado a valorização desta tradição, rendendo preços mais justos ao produtor, o que favorece o desenvolvimento de toda uma região. Por meio de parceria envolvendo o Sicoob Saromcredi, Sebrae e Associação dos Produtores de Queijo Canastra (Aprocan), o queijo canastra ganhou marca própria, selo de indicação geográfica e procedência, além de ter seu modo de produção reconhecido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). E tudo isso ganhará ainda mais força com a construção da primeira Escola de Mestres Queijeiros do Brasil, que está em construção no município de São Roque de Minas.

     

    P – Quais são as perspectivas com a criação dessa escola?

     

    R - Primeiro que no Brasil ainda não existe nenhuma escola voltada para pesquisas e diferenciais do queijo artesanal, ou seja, falta conhecimento e pesquisa que demonstre os valores que sabemos que esta iguaria tem. A França, por exemplo, tem quatro escolas e é a potencial mundial em queijo que sabemos. Precisamos compreender isso, os produtores perceberem a necessidade de buscar conhecimento nacional e internacional e se apropriarem destes, gerando novos valores e perspectivas de sucessão. Esta escola não atenderá somente a Serra da Canastra, como inicialmente pensamos, mas todos os produtores de queijo artesanal e amantes do queijo no Brasil.



    P – Para 2020, quais são as perspectivas do Sicoob Saromcredi, considerando Passos e demais municípios da área de atuação da Cooperativa?

     

    R - Primeiro, continuar prestando serviços financeiros com maior qualidade e menor custo possível para os cooperados. Estabelecer novas parcerias com entidades e organizações que desejam promover a crescimento da cidade, através da cooperação. Ampliar nossas condições de atendimento, sejam elas físicas ou por meio digital. Diante o crescimento e aumento de demanda, já iniciamos a adequação da agência da Avenida Juca Stockler, onde dentro de alguns meses contará com um segundo piso para atendimento segmentado. Através de novo layout e espaço coworking, oferecendo maior conforto, qualidade e possibilidades, totalmente pensado em favorecer o cooperado, com destaque ao empresário. Ainda para meados de 2020, estaremos inaugurando uma nova agência na cidade, desta vez na Avenida Poços de Caldas, já com espaço definido e obra a ser iniciada, objetivando atender uma toda aquela região do entorno do bairro Penha. Por fim, está previsto em nosso planejamento e muito bem encaminhada uma nova expansão da Cooperativa, com a abertura de novas agências nos municípios de Bambuí, Jacutinga, Ibitiúra de Minas e Monte Sião. Enfim, vamos continuar a promover o desenvolvimento dos territórios que acreditam no cooperativismo como a moeda do século XXI.
     

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2020 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus