• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    24/12/2019 08h04 - Atualizado em 24/12/2019

    De Grinch a Harry Potter

    Universal Resorts criou programação especial até 5 de janeiro, com direito a projeção especial no Castelo de Hogwarts

    Adriana Moreira - Especial para a Folha

    O que Marilyn Monroe, Minions, Harry Potter e o Grinch têm em comum? Todos estão presentes nas festividades natalinas que o Universal Orlando Resort preparou neste fim de ano. Até 5 de janeiro, shows especiais, decoração temática e até uma parada com balões gigantes tomam conta dos parques da empresa em Orlando. Uma dica para quem vai à cidade nessa época: os dias podem ser bem frios, por isso, faça uma mala variada. Leve um bom casaco, luvas e cachecol, mas não esqueça do short e do biquíni. Nunca se sabe, não é mesmo?


    Vale ainda baixar o app do parque temático para ter informações atualizadas sobre o tamanho das filas, atrações que podem estar fechadas em razão do tempo e horários de shows, que podem variar dependendo do dia - fique tranquilo, o parque tem Wi-Fi.


    A Vila de Hogsmeade e o Beco Diagonal ganharam decorações especiais - com direito a neve nos telhados - e a cerveja amanteigada agora tem uma versão quente. “Queríamos que os visitantes se sentissem dentro de Londres, dentro de Hogsmeade, dentro do Beco Diagonal na época das festas de fim de ano”, contou Deborah Buynak, vice-presidente de Entretenimento do Universal Resort e responsável por toda decoração no The Wizarding World of Harry Potter.


    Nos palcos, há shows temáticos, como os sapos coaxantes dos estudantes de Hogwarts, que formam o Frog Choir. Mas o ponto alto são as projeções no Castelo de Hogwarts. O espetáculo ganhou uma versão natalina, na qual os estudantes voam em suas vassouras e usam magia para decorar o castelo e acender a árvore de Natal. Tudo termina com fogos de artifício. O show começa ao anoitecer e é repetido até o fechamento do parque.

     

    O Grinch

    O personagem que odeia o Natal, mas acaba se rendendo à festa graças ao carinho de uma garotinha, está por toda parte. Da decoração natalina a produtos que seriam irresistíveis não fosse a alta do dólar, é impossível não simpatizar com esse anti-herói A novidade é o espetáculo Grinchmas Who-liday Spectacular, que conta a história do personagem que quis roubar os presentes de Natal da Who-Ville.

     

    São 30 minutos de duração, com direito a um ator canino: Max, o companheiro do Grinch. O show é dinâmico, mas é em inglês - ainda assim, as crianças vão se divertir com a interpretação do Grinch e com a ótima parte musical. Há várias apresentações ao longo do dia, mas vá preparado para as filas (o personagem é bastante popular por lá). Também é possível encontrar o Grinch e os Whos, os simpáticos habitantes de Who-Ville, circulando em toda área dedicada a Doctor Seuss e conseguir fotos divertidas.


    Parada de Natal

    A parada da Macy’s, loja de departamento norte-americana, é um sucesso em Nova York no dia de ação de graças. Há anos os enormes balões viajam para Orlando no fim do ano, mas, nesta temporada, a parada de Natal no Universal Resorts ganhou balões exclusivos. Personagens da turma de Shrek e Madagascar, os Minions de Gru e outras figuras surgem em 30 balões temáticos e carros alegóricos - incluindo o Papai Noel. Diariamente, às 17h15 ou 17h30.

     

    Shows

    A qualquer momento, você pode se deparar com Marilyn Monroe ensaiando para um especial de Natal no Universal Resort. Vestida com seu icônico vestido branco de O Pecado Mora ao Lado - embora com adaptações ao figurino natalino-familiar - ela canta alguns sucessos de seus filmes, como Diamonds are a Girl’s Best Friend, acompanhada de bailarinas. Simpático e divertido.


    Embora não seja exatamente uma novidade, o Blue Men Group também é uma opção divertida - especialmente se você não quiser ficar circulando pelo City Walk, a área de bares e restaurantes, nas noites frias. Embora o espetáculo exista desde 2007, foram feitas várias atualizações que mantêm o show atual e, ao mesmo tempo, familiar - na noite em que fui, o teatro estava lotado. Dinâmico e interativo, as gargalhadas são garantidas. O ingresso é pago à parte do que dá acesso aos parques: US$ 30 para crianças e US$ 60 para adultos.


    Desvantagens

    Orlando tem três parques principais (SeaWorld, DisneyWorld, Universal Resort), e todo mundo dá aquela esticadinha até o Busch Gardens, em Tampa. A infraestrutura é gigantesca, e a maioria das atrações só existe mesmo ali. Mesmo com o dólar alto, algumas comprinhas ainda valem a pena no país do Mickey – mas é preciso estar atento à conversão para não trocar seis por meia dúzia. Minha dica é começar pelo Walmart, que tem de produtos dos principais personagens dos parques (como Mickey, Harry Potter e super-heróis) a itens de perfumaria que são sempre mais baratos do que nas farmácias (que já costumam ter preços mais em conta do que no Brasil).

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2020 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus