• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    06/12/2019 09h13 - Atualizado em 06/12/2019

    Opinião: "Divide et impera"

    Dividir para reinar é a estratégia de separar as forças inimigas para enfraquecê-las e vencer a batalha. A prática, iniciada pelo general chinês Sun Tzu no século V-AC, passando pelo imperador Romano Júlio César, foi teorizada por Maquiavel em “O Príncipe”, sugere que a melhor maneira de obter energia é semear intriga entre oponentes e vencê-los: “Teseu não poderia ter desenvolvido o seu valor, se não tivesse encontrado os atenienses dispersos…”.


    Analisando a pesquisa divulgada pela Folha da Manhã, chama a atenção o desinteresse da população pela política, deixando a corrida eleitoral imprevisível.


    Entre os nomes citados, observamos que o favoritismo do professor Fábio Kallas (MDB), não é tão patente, talvez pelas dúvidas quanto à possibilidade de sua candidatura vingar, mesmo sendo ele o maior beneficiário do desgaste do Governo Municipal.


    O professor Darlan Kallas (PSD), ao contrário hipótese apontada de ser muito citado em razão de confusão de sobrenomes, é um nome forte por sua biografia, como vereador em muitos mandatos, como vice Prefeito e hoje Presidente do Sindicato Rural e ainda uma meteórica mas exitosa passagem na chefia do Executivo quando José Figueiredo se licenciou para assistir a Copa do Mundo. Possivelmente contará com o apoio do “grande eleitor” passense, o deputado Cássio Soares, que até então se mantém em estratégico silêncio.


    O vereador João Serapião (PL), bem colocado na pesquisa, terá que se fortalecer mostrando suas pouco conhecidas propostas, cresceu por suas atitudes no legislativo que concedem notoriedade momentânea, mas na hora da escolha do eleitor, será necessário maior conteúdo.


    Hélvio Maia (PP) é um candidato com história política respeitável, tem um discurso que deve conquistar uma fatia considerável do eleitorado, seja por sua experiência de sucesso, seja por sua obstinação nas causas que empreende, como político e em sua vida privada. Será preciso resolver, no seio do PP ou não, como fica a disputa com a pré-candidatura do vereador Rodrigo Maia (PP), que vem de uma família tradicional da política passense e se destaca pelo bom desempenho no legislativo, em especial como Presidente da Câmara, onde pratica uma administração séria e austera.


    Em breve comentaremos mais nomes, como Diego Oliveira (PSL), que ficou fora da pesquisa estimulada e que representa o bolsonarismo de Passos.


    Voltando a Maquiavel, o primeiro cientista político da humanidade, às vezes incompreendido tornando pejorativo o termo “maquiavélico” e muitos, inadvertidamente, usam-no como palavrão, mas na hora da onça beber água, socorrem ao “Príncipe” para o enfrentamento de suas batalhas. Sua pregação, “Divide et impera”, parece estar sendo aplicada em Passos, já que, a bem da verdade, o que se observa são as candidaturas oposicionistas sem novidades no discurso. O sentimento oposicionista está pulverizado desde as candidaturas caricatas até a nomes com potencial, mas ainda sem a necessária densidade eleitoral.


    Nasce um cenário, há algum tempo inimaginável, de entrada no páreo da candidatura à reeleição do atual prefeito Carlos Renato Lima Reis. Os desatinos da oposição não são o único fator que revitaliza a continuidade. Mesmo com performance mal avaliada, parece não ter, o atual mandatário, o que mais deixa a população indignada que é a pecha da corrupção e o que tem acontecido de negativo é muito mais fruto de trapalhadas, do que de dolo propriamente dito. Considere-se ainda que a aplicação dos 17 milhões do empréstimo autorizado pelo Legislativo deve resolver muitas das críticas atuais e pode melhorar a imagem do prefeito.



    GILBERTO BATISTA DE ALMEIDA é engenheiro eletricista e ex político.

     

    O DESINTERESSE DEIXA A CORRIDA ELEITORAL IMPREVISÍVEL EM PASSOS 

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2020 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus