• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    09/11/2019 08h47 - Atualizado em 09/11/2019

    Coluna de Minas: Aprovado projeto de fogos sem estampido

    Depois de muita polêmica, foi aprovado o PL 86/2019, de autoria do vereador Fábio Neves (PSB), que proíbe a soltura de fogos de artifício com estampido em Montes Claros. Comerciantes vão ter 90 dias para se adequarem e não oferecerem mais o produto na cidade. “A fiscalização entra no rol da Lei de Poluição Sonora, que já existe, e pode ser fiscalizada pela Polícia Ambiental ou pela Secretaria de Meio Ambiente”, explica o vereador, alegando que os legalizados seguem uma lei europeia que determina os parâmetros a serem adotados. A proposta foi apresentada para barrar os danos a recém-nascidos, pessoas com autismo, idosos e animais que sofrem com os “estouros” dos foguetes. (Jornal O Norte- Montes Claros)

    Produção de leite receberá grande aporte 

    Em parceria com a Emater-MG, a Prefeitura de Mariana, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Rural, vai repassar a Associação de Produtores de Leite de Águas Claras, através de um termo de fomento, cerca de 89 mil reais para a construção de abrigos para os novos tanque de leite comprados pela Associação. Com o investimento, a administração está catalisando o desenvolvimento da maior bacia leiteira da região, melhorando a qualidade e o preço do leite, e também mantendo o ritmo de produção dos mais de 115 associados. Segundo o prefeito de Mariana, Duarte Júnior, a ideia da gestão é investir cada vez mais nas associações rurais. (Portal da Cidade-
    Mariana)

    Abastecimento de água em Caeté corre risco

    O mês de outubro ficou marcado pela baixa quantidade de chuvas, na comparação com o mesmo período de anos anteriores. De acordo com dados do Saae, choveu em Caeté apenas 40% do que normalmente chove nesta época do ano. Essa queda nas precipitações tem sido verificada já há alguns anos. No mês de novembro, por exemplo, pouco choveu na cidade. De 2006 para cá, a média histórica de novembro é de cerca de 216 milímetros. Nos últimos 70 anos, porém, o quantitativo era bem maior: 250 milímetros. (Jornal Opinião – Caeté)

    Valadares terá campeonatos de voo livre 

    Depois de conquistar, em abril, o direito de sediar uma etapa do Campeonato Brasileiro de Parapente 2020, a Prefeitura de Valadares ganhou nesta semana a disputa para sediar uma etapa do Brasileiro de Asa-delta do ano que vem. Essa foi a primeira vez que o Município se inscreveu para realizar a competição. Até então, só as associações de voo livre tinham pleiteado as competições e recebiam apoio da Prefeitura. Valadares vai realizar a primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Parapente entre os dias 26 de abril e 2 de maio. A segunda fase vai acontecer entre 5 e 12 de setembro em Castelo/ES. (Diário do Rio Doce- Governador Valadares)

    Guaxupé terá programa de coleta seletiva

    No início deste mês foi divulgada a lista das 12 cidades brasileiras contempladas com o Programa Cidade+Recicleiros. Lançado há 03 meses com o slogan “É Hora de Transformar a Realidade do Lixo na Sua Cidade” o edital garante aos municípios selecionados assessoria técnica para o desenvolvimento do Plano Municipal de Coleta Seletiva sem custos à Prefeitura. No entanto, as cidades que concorreram no Programa, precisavam estar aptas para a implantação da coleta seletiva. 522 Prefeituras foram habilitadas no edital, mas destas, somente 12 chegaram na final. Além de Guaxupé/MG, outras 11 cidades também vão fazer parte do Programa para a implantação da coleta seletiva. (A Folha Regional- Muzambinho)

    Trabalho Infantil é tema de capacitação

    Promovida pela secretaria do Trabalho e Ação Social aconteceu nesta quarta-feira, 6, a Capacitação em Serviço do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). O evento foi realizado no clube Pica Pau com a participação dos Conselhos de Direitos, Rede Intersetorial, representantes de Instituições, sociedade civil, profissionais da Proteção Social Básica (Cras) e especial (Creas), alunos das Escolas Estaduais Raul Soares e Paes de Almeida e representantes do Centro de Convivência do Idoso e da Equipe Pedagógica da secretaria municipal de Educação. O curso foi mais uma das ações desenvolvidas dentro do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil que articula um conjunto de ações para retirar crianças e adolescentes. (Gazeta do Triângulo- Araguari)

    Divulgao
    Divulgação

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus