• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    05/11/2019 10h04 - Atualizado em 05/11/2019

    Brasília num fim de semana

    Selecionamos oito lugares obrigatórios para você conhecer melhor a capital federal

    Luísa Laval - Especial para a Folha

    Brasília tem apenas 59 anos de idade, o que se reflete na arquitetura e urbanismo modernos da cidade. Com monumentos marcados pelas curvas desenhadas por Oscar Niemeyer, projeto urbanístico de Lúcio Costa e um céu conhecido pela beleza, a cidade também conta com diversas opções para conhecer melhor a sua história e pontos culturais. E o que não faltam são pontos turísticos para visitar durante o fim de semana.


    A Catedral de Brasília é um dos símbolos da cidade, não só por estar na Esplanada dos Ministérios, área central da cidade, mas também pela arquitetura contemporânea e os traços de Niemeyer.


    Vários artistas conhecidos possuem obras dentro da igreja, como Athos Bulcão, que pintou passagens da vida de Nossa Senhora e de Jesus e os azulejos do batistério da Catedral, ao lado da matriz Os três anjos de bronze que pendem sobre nave central e as quatro estátuas dos evangelistas à frente da igreja são do escultor Alfredo Ceschiatti, autor de outras obras importantes na capital do País.


    Os vitrais entre os pilares da catedral, que do lado externo são escuros e do lado de dentro possuem tons verdes, azuis e marrons, são assinados pela artista plástica Marianne Peretti. A catedral possui um espelho d’água ao redor, o que causa um reflexo muito bonito observando vitrais de dentro da catedral. Toda a estrutura privilegia a iluminação natural.


    Ao lado da catedral, há uma feira de flores secas, típicas da região. É possível formar arranjos diferentes e que vão durar por muito tempo: é uma boa dica para presentes e lembranças da cidade. Mas fique atento: também há várias opções de flores secas na Feira da Torre, como vamos explicar mais abaixo.


    Não é permitida a permanência de turistas dentro da igreja durante a celebração das missas, que acontecem aos sábados, às 17h, e aos domingos, às 8h30, às 10h30 e às 18h. Durante a semana, as cerimônias ocorrem de terça

     

    Praça dos Três Poderes

    A Praça dos Três Poderes marca o início da Esplanada dos Ministérios, e abriga a sede dos Três Poderes da República: o Executivo, com sede no Palácio do Planalto; o Legislativo, no Congresso Nacional; e o Judiciário, no Supremo Tribunal Federal (STF). Em um acesso para o subsolo da praça, há uma grande maquete da cidade de Brasília, que ajuda a entender o formato e plano urbanístico da cidade.


    Outras obras chamam a atenção na praça, como a estátua da Justiça, em frente ao STF, de Alfredo Ceschiatti; a escultura dos Dois Candangos, de Bruno Giorgi, representando os operários que construíram Brasília; e o Pombal e Panteão da Pátria, ambos de Oscar Niemeyer.


    No primeiro domingo de cada mês, uma das Forças Armadas realiza a solenidade de troca da bandeira nacional, começando entre 9h e 10h. Sempre há uma breve formatura e a execução do hino nacional do hino à bandeira pelas bandas militares.

     

    Congresso Nacional

    Além de ser o centro das discussões de criação e votação de leis, o Congresso Nacional possui várias obras de arte. Vale a pena fazer uma visita guiada para conhecer a história dos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado, onde são tomadas decisões importantes para o País.


    O roteiro também prevê a visita a uma galeria com presentes oficiais recebidos de outros países, um painel com azulejos de Athos Bulcão e outras obras de nomes como Di Cavalcanti e Alfredo Ceschiatti. Nos fins de semana e feriados, é possível visitar os plenários por dentro, onde sentam os parlamentares. Nos demais dias, a visita ocorre na parte de cima das duas casas.


    As visitas guiadas são gratuitas e acontecem a cada 30 minutos, entre 9h e 17h30, às segundas, quintas, sextas, fins de semana e feriados. Durante os dias úteis, é proibida a entrada com shorts, bermudas, camisetas sem manga, chinelos e minissaia. É possível agendar a visita de grupos maiores por meio site do Congresso Nacional.

     

    Palácio do Planalto e Palácio da Alvorada

    O Palácio do Planalto é a sede do executivo e local de trabalho do presidente da república. As curvas dos pilares do edifício são uma marca característica do desenho de Oscar Niemeyer. As visitas para conhecer o interior do palácio ocorrem aos domingos, das 9h às 13h40, com saída de grupos a cada 40 minutos


    O roteiro inclui visita aos Salões Nobre, Oeste e Leste, Sala de Reunião Suprema, Sala de Audiência, Gabinete Presidencial e apresentação de obras de artes, como pinturas do artista Di Cavalcanti. É possível agendar a visita pelo site do Palácio do Planalto.


    A dez minutos de carro, fica o Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente. As colunas externas também possuem os traços leves de Niemeyer, e inspiraram o brasão do Distrito Federal. Ao lado do edifício principal, fica uma capela em formato espiral. O Palácio tem um espelho d’água com a escultura em bronze As Iaras, obra do escultor Alfredo Ceschiatti.


    Por dentro, a sede também é conhecida por possuir várias obras de arte e uma biblioteca com mais de 3 mil livros. Porém, até a publicação desta reportagem, o Palácio da Alvorada estava com visitas internas suspensas temporariamente. De qualquer forma, o local continua sendo um ponto turístico forte por possuir uma vista muito bonita e estar perto de uma região de hotéis.

     

    Feira da Torre de TV

    A Feira da Torre de TV é uma das mais típicas de Brasília, onde você pode comprar itens do artesanato local ou então provar receitas típicas nordestina, como tapioca, acarajé e vatapá. A feira fica a cerca de seis quilômetros da Esplanada dos Ministérios, atrás da Torre de TV. A maioria das lojas abre aos fins de semana, entre 9h e 18h.


    É possível encontrar acessórios e itens de decoração feitos de capim dourado, planta típica do cerrado, flores secas, roupas alternativas, brinquedos, calçados de couro e outros souvenires. A feira também conta com apresentações musicais e performances de diversos artistas.


    A Torre de TV, porém, está interditada para visitas desde 2018, sem previsão de reabertura. Anteriormente, os visitantes podiam subir até um mirante e apreciar a vista panorâmica de Brasília. 

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus