• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    07/10/2019 10h12 - Atualizado em 07/10/2019

    Leitor: Poder ineficiente

    Veja: no final da Rua Varginha Cohab 2 os moradores estão sofrendo muito por falta do asfalto, não tem sequer condições de guardar os carros em suas garagens a rua está intransitável, até mesmo para pedestres. O senhor atual Prefeito Municipal em 2016, em Plena Campanha Política, fez reunião com os moradores afirmando com promessa, se eleito que iria asfaltar a referida rua. Só que até a presente data o prefeito não fez absolutamente nada, a não ser mandar o IPTU todo ano com aumento abusivo. Os moradores da referida rua encontram-se abandonados pela tal Administração Municipal. "Olha: Político é igual copa do mundo, só aparece de quatro em quatro anos."

    OBS.: Quase setenta ruas nos bairros de Passos se encontram na mesma situação da rua Varginha, enquanto o povo está indignado com essa péssima administração municipal de Passos.

    Jerônimo Moacir de Oliveira – Passos/MG

    Lava Jato

    Estamos vivendo um momento perigoso em nosso país. A joia preciosa que vem reluzindo desde 2014 e que é, reconhecidamente, uma das maiores riquezas no combate à corrupção e a tantas outras canalhices praticadas por maus brasileiros, corre o risco de ser derretida. A população brasileira não pode ficar quieta esperando que esse absurdo aconteça. 

    É preciso que mostre indignação. Não se pode aceitar que bandido seja transformado em mocinho e quem aplica a lei interpretando e julgando os fatos seja transformado em bandido. É inaceitável essa inversão de valores. A Lava-Jato não pode acabar. Não se pode criar meios para que corruptos fiquem intocáveis. A corrupção é a maior responsável pela miséria de um povo. É uma vergonha o que estamos presenciando nos últimos dias. Lava-Jato, a salvação do Brasil.

    Jeovah Ferreira – Brasília/DF

    Ministro do Turismo

    Está pagando caro o presidente Bolsonaro, em não afastar do cargo desde sua indicação para o Ministério do Turismo, o Deputado Federal PSL/MG, Marcelo Álvaro Antônio, investigado desde o início de sua posse e agora denunciado pelo MP, e PF, por crime eleitoral e associação criminosa com mais 10 integrantes do PSL mineiro, com várias candidatas laranjas que já haviam denunciado a tramoia dos recursos públicos e verbas de campanha.

    Pagará caro manter no cargo esse suposto ministro, logo o ele que disse que não aceitaria corrupção em seu governo. Esse não é o Brasil que queremos, corrupto e inoperante com a falta de geração de empregos. Vergonha Senhor Presidente.

    José Pedro Naisser – Curitiba/PR 

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus