• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    05/10/2019 09h34 - Atualizado em 05/10/2019

    Opinião: Desafios eleitorais

    Como bem disse o amigo José Milton Paiva, “o Rubicão está logo ali, e a pinguela vai se estreitando.”

    Mesmo dispensando apresentações para quem é das Minas Gerais, pinguela, nada mais é do que uma ponte improvisada, muito utilizada nas zonas rurais, enquanto Rubicão, um pouco mais longe daqui, ao nordeste da península itálica, o rio que, em poucas palavras, em 49 a.c., foi atravessado por Júlio César, sem autorização do senado romano e possibilidade de retorno, tendo sido proferida na oportunidade a frase, “a sorte está lançada”.

    E assim mesmo é, nos 853 municípios de Minas Gerais, como nos 5.570 brasileiros, a sucessão municipal está lançada, e os quadros informalmente sendo apresentados à população. Porém, quantos destes quadros realmente levarão a feito suas candidaturas?

    Os desafios das campanhas impõe sacrifícios que em muita das vezes afastam bons quadros e pessoas realmente bem intencionadas, que não se dispõem à política do ódio, da perseguição, da mentira e da desconstrução.

    Os que atravessarem o Rubicão, irão se deparar com uma campanha acirrada, e em tempo de redes sociais ativas, repleta de fake News e embates diretos com o eleitorado digital. A internet precisa funcionar como fonte impulsionadora de ideias dos candidatos para o bem da população, não como meio de ofensas e falácias, em busca de vitórias eleitorais que só atenderão a interesses pessoais.

    Mas não apenas, as últimas eleições gerais demonstraram a importância e o peso da política da proximidade, daquele agente político que não mantém espaço algum entre representante e representado, como o deputado federal Emidinho Madeira, que superou a marca dos 100 mil votos através do seu contato direto com a população do sul de Minas.

    O fato é que 2020 promete grandes disputas eleitorais, tanto nas capitais quanto em cidades de menor porte.

    Para finalizar, muito tem se criticado o novo Procurador Geral da República, Augusto Aras, mas, e o Rodrigo Janot, que coisa hein?!

    JOÃO PAULO CASTRO FERREIRA é advogado, vereador na cidade de Carmo do Rio Claro e secretário da Comissão Especial em Defesa dos Municípios do Conselho Federal da OAB.


    2020 PROMETE GRANDES DISPUTAS ELEITORAIS 

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus