• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    12/09/2019 11h44 - Atualizado em 12/09/2019

    Cigarro, Substâncias Tóxicas, Educação

    Vanessa da Silva Reis - Especial para a Folha

    Cigarros - Ao sairmos pela manhã, caminhando em nosso município, podemos notar as ruas cheias de pontas de cigarro, ou como são popularmente conhecidas, “bitucas de cigarro”. Estão por todas as ruas. E quem joga não se incomoda, acha normal. Além de poluírem o ar e prejudicar a saúde de todos, poluem os solos e as águas.


    Perguntei a três varredores de rua: “O que era mais difícil de varrer?” Foram unânimes em responder: “Bitucas de cigarros”. Disseram-me que mesmo quando estão varrendo sempre passam fumantes jogando a “bituca” no chão e muitas vezes os maços vazios também.



    Substâncias Tóxicas

    Nos cigarros estão presentes por volta de 4.720 substâncias tóxicas, sendo 70 delas cancerígenas. Dentre as substâncias estão o monóxido de carbono, amônia, cetonas, formaldeído, alcatrão e nicotina. Como os fabricantes e os fumantes acham que todas estas substâncias irão se decompor sem afetar ao meio ambiente sendo descartadas e tratadas incorretamente?


    Fabricantes alertam nas embalagens quanto às doenças que o cigarro pode causar, mas deveriam também educar seus consumidores a fazerem o descarte pelo menos nas latas de lixo.


    No Mundo são 1,6 bilhões de fumantes, número estimado pela OMS (Organização Mundial da Saúde), isso em média gera 12,3 bilhões de “bitucas” descartadas diariamente. E em nosso país, são descartadas nas ruas. Cigarros poluem mais do que sacolas plásticas.


    Educação

    Tornou-se habitual jogar cigarros ou o que restou deles nas ruas. As pessoas andam e vão deixando seus maços e “bitucas” por aí. O que vemos é a completa falta de educação e interesse com as questões ambientais, cada dia mais crítico, em nosso Município, em nosso País e em nosso Planeta.


    No Paraná foram criadas leis para multar quem for pego jogando "bitucas" de cigarro no chão e leis para a instalação de coletores em pontos estratégicos.


    Cada um tem que fazer a sua parte, não adianta educar o filho para não jogar lixo na rua e simplesmente abrir a janela do carro e lançar a “bituca”. Será que os fumantes não tem educação?


    VANESSA DA SILVA REIS é Engª Ambiental em Passos
    @vanessa_reis
     

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus