• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    05/09/2019 10h13 - Atualizado em 05/09/2019

    Agronegócio, Exportação, Preservação Ambiental

    Meio Ambiente

    Vanessa da Silva Reis - Especial para a Folha

    O agronegócio brasileiro cresce a cada ano, nas últimas décadas a expansão foi notável. Os produtores se profissionalizaram e aumentaram a produção, alcançando mercados nacionais e internacionais. São produtos do ramo alimentício, cosmético, grãos e farmacêuticos.


    Essa expansão trouxe alguns problemas para o meio ambiente, alguns produtores fazem usos de técnicas que agridem e destroem a fauna e a flora. Órgãos de fiscalização tentam equilibrar o crescimento agrícola com a preservação ambiental.


    Exportação

    Muitos de nossos produtores ainda não conseguem as certificações para exportar seus produtos, pois alguns países dificultam a entrada de produtos brasileiros por medo da concorrência. Ainda não conseguimos produzir em nosso país a maior parte do que consumimos, pelo contrário ainda importamos muitos produtos que poderíamos produzir aqui mesmo com mais qualidade e menor custo. O que pagamos de importação poderia ser investido em tecnologias, pesquisas e investimentos.


    A preocupação de alguns países com a preservação da Amazônia, da Mata Atlântica, do Pantanal e do Cerrado se dá apenas para poderem diminuir o crescimento agrícola brasileiro, fazendo com que o nosso país precise sempre importar produtos estrangeiros, aquecendo o mercado mundial e se tornando cada vez menos independente.


    Cachaças, queijos, geleias, balas, doces, linguiças artesanais, carne bovina, carne de aves, extratos botânicos, óleos, tecidos, ovo vegetal, carne vegetal verduras e legumes orgânicos, cosméticos, mandioca, soja, milho, algodão, café, enfim, produzimos ótimos produtos de forma artesanal e industrial.



    Preservação Ambiental

    Precisamos investir em avanços tecnológicos com práticas que priorizem a preservação ambiental. Só conseguiremos a excelência entre produção e preservação quando investirmos em educação. Através do estudo poderemos desenvolver técnicas de produção que funcionem sem destruir o nosso ecossistema tão rico em biodiversidade.

     

    Gerando emprego, renda e crescimento, pois atualmente todas as regiões brasileiras produzem em menor escala produtos de qualidade que respeitam o meio ambiente. Falta investimento, tecnologia, estudo, logística para escoamento da produção, estradas melhores, hidrovias, ferrovias e incentivos fiscais. Enfim faltam ações para que esses produtos possam ser consumidos em todo país e no comércio exterior.

     

     


    VANESSA DA SILVA REIS é Engenheira Ambiental em Passos
    @vanessa_reis 

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus