• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    03/09/2019 11h28 - Atualizado em 03/09/2019

    Do Leitor

    Ricardo Piantino, Ricardo Piantino - Especial para a Folha

    Natureza da coisa

     Eu não creio que o Jair faça as merdas dele de propósito, com estratégia. Ele é assim, uma merda natural sem estratégia nenhuma que foi indo e levando o caos e a frivolidade por onde passou. Acredito que outros como ele foram juntos e outros se aproveitam dele ser assim e, assim, se utilizam de sua natureza boçal para fazer as suas merdas enquanto todo mundo olha para as do Jair. No Brasil até cortina de fumaça é fumaça de cortina.


    Outro exemplo é João Doria, aquele que o partido dele, o PSDB, com todos os seus amigos e colados do Lide nas parcerias público-privadas, fica 200 anos fazendo metrô em São Paulo pra ele ir pra China com dinheiro público falar que quer aprender com o Chinês quando deveria estar indo lá dar aula de como fazer metrô.


    Agora, ele, o que numa força de expressão pode-se chamar de ‘Jair engomado’ foi numa fábrica de carros na Alemanha ‘anunciar investimentos no Brasil’. O estado então vai trazer recurso alemão para empreendedores liberais brasileiros gerarem empregos em ‘São Paulo’, país, estado e empresariado que não fabrica nem um carro próprio e nem um caminhão nacional para exportar para o mundo todo. Ele deveria estar indo na Alemanha lançar a fábrica de carros e caminhões brasileiros fabricados em São Paulo, eu acho.

    Ricardo Piantino – Passos/MG
    E-mail: piantinoricardo@gmail.com

     

    A devastação da Amazônia

    Os incêndios criminosos na Floresta Amazônia, ficarão para a história da humanidade, em pleno Século XXI, na Era do Conhecimento dos Humanos, a Floresta a Biodiversidade sofreram com os terríveis incêndios na Amazona Legal, cujas feridas e as clareiras levarão mais de 300 anos para se regenerarem, arvores centenárias sofreram com a ação das moto serras assassinas, depois de tudo derrubado o nosso governo federal que sabia do Dia do Fogo, mandou para lá alguns aviões Hercules C130, porém a tragédia já estava concretizada.


    Pecou o nosso inexperiente e teimoso presidente Bolsonaro que não estará aqui para ver o sofrimento da Floresta, quem sabe seus netos, lamentavelmente ele ainda mandou seu ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles, logo no início do seu mandato para encontrar-se com madeireiros que destruíram o patrimônio do Ibama, e criticar o órgão por lançar multas pesadas que foram todas perdoadas pela devastação.


    Esse é o verdadeiro histórico da Amazônia hoje, ontem um patrimônio e orgulho de preservação, hoje terra devastada, amanhã uma savana de perpetuidade, nenhum de nós estará aqui para ver a tragédia que ficará para as gerações futuras que saberão que a ganancia e o imediatismo prevaleceu acima da Natureza e da Vida. Com tristeza pelos milhares de animais que perderam a vida, e a biodiversidade que ficaram sem seus habitats que é a Floresta.

    José Pedro Naisser – Curitiba/PR E-mail: jpnasser@hotmail.com 

     

    Cartas para esta coluna, de no máximo 30 linhas, para Rua 2 de Novembro, 206. Ou e-mail: leitor@folhadamanha.com.br

    Mais sobre a editoria

    16 de Setembro de 2019
  • 14 de Setembro de 2019
  • 13 de Setembro de 2019
  • 12 de Setembro de 2019
  • 11 de Setembro de 2019
  • 10 de Setembro de 2019
  • 09 de Setembro de 2019
  • 06 de Setembro de 2019
  • 05 de Setembro de 2019
  • 29 de Agosto de 2019
  • Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus