• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    27/08/2019 11h49 - Atualizado em 27/08/2019

    Leitor: Governo

    Como se derrota um governo com uma caixa de fósforos.
    É fácil derrotar um governo forte pela maioria desonesta. Dê uma caixa de fósforo para cada cidadão que perdeu seus privilégios ou que pode perdê-los, e ainda para cada insatisfeito ou inimigo político, solte-o por aí espalhando fogo pelo mundo e chame a imprensa e diga Bolsonaro está botando fogo na Amazônia... e, por burrice ou interesse, o mundo acreditará quando o assunto se transformar em manchete pela imprensa.

    Prof. Aécio Flávio Lemos – Passos/MG 

    Amor conjugal
    O amor conjugal não pode ser realizado se for compartilhado com outros
    O amor é simples e louco. Não se preocupa com nenhuma situação. Se eu verdadeiramente amo alguém, não me preocupo que alguém esteja me observando do lado. Um amor que está consciente que alguém esteja observando, é um amor limitado. Como é simples e louco o amor que não se preocupa que alguém esteja observando! (33-113, 9.8.1970) S.M.Moon
    Não se pode permitir que dificuldades financeiras criem uma fenda na relação entre o casal. Nem o conhecimento e nem a ignorância podem diluir o amor entre eles. (Bênção e Família Ideal. 880) S.M.Moon

    Aparecida Baldini – Passos/MG 

    Mudança no seguro de carros
    Fomos pegos de surpresa com uma medida simplesmente absurda, ridícula, inconsequente e esdrúxula pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), que decidiu promover uma mexida de peso no mercado de seguros de veículos com a finalidade de baixar o preço das apólices em míseros 10%. Para tanto, simplesmente desobriga as seguradoras de substituírem as peças de reposição apenas com autopeças fabricadas pelas montadoras. Ou seja, a partir de hoje as seguradoras passam a ter permissão legal para trocar peças dos veículos por similares e outras não originais. Essa atitude sem nexo e muito menos pé e cabeça só vem prejudicar o consumidor. Quem tiver um carro do ano e vier a necessitar de reparos de seguradoras, poderão ter a reposição feita com a peça que a seguradora quiser. Essa medida ativará e estimulará ainda mais o comércio de peças de desmanches, cujas origem e procedência não conhecemos.

    Angelo Tonelli - São Paulo/SP

    Mais sobre a editoria

    20 de Setembro de 2019
  • 19 de Setembro de 2019
  • 18 de Setembro de 2019
  • 16 de Setembro de 2019
  • 14 de Setembro de 2019
  • 13 de Setembro de 2019
  • 12 de Setembro de 2019
  • 11 de Setembro de 2019
  • 10 de Setembro de 2019
  • 09 de Setembro de 2019
  • Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus