• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    27/08/2019 10h45 - Atualizado em 27/08/2019

    Passos está entre as três cidades com casos suspeitos de sarampo

    BOLETIM DA SECRETARIA DO ESTADO DE SAÚDE INFORMA QUE HÁ TRÊS NOVOS CASOS DE SARAMPO NO ESTADO

    Estela Costa - Especial para a Folha

    As suspeitas de casos de Sarampo tem aumentado no estado de Minas Gerais nas últimas semanas, inicialmente um homem com sintomas da doença deu entrada em uma unidade de atendimento em Belo Horizonte, o local foi fechado e necessitou passar por procedimentos de desinfecção. Inclusive, foi transferido para hospital especializado, onde se mantém em isolamento e clinicamente estável, a Secretaria também busca levantar dados das pessoas que foram para a capital do mesmo voo do paciente, a fim de realizar bloqueio vacinal.


     Segundo informações contidas no boletim informativo lançado pela Secretaria do Estado de Saúde (SES), dia 22, quinta-feira, há três novos casos no estado, estes estão concentrados em Passos, Uberlândia e Viçosa, que são cidades de regiões diferentes do estado, o que pode demonstrar a amplitude de alcance do vírus.

     

    Os casos serão confirmados com importantes critérios de investigação e protocolos, entretanto, os reagentes da doença foram positivos, o que leva à essa hipótese. Todos os possíveis infectados mantiveram contato com pessoas vindas do estado de São Paulo, que em 2019 possui 98,9% dos casos da doença no país. O vírus do sarampo volta a circular no Brasil devido a principalmente viagens internacionais, além disso, a baixa imunização de brasileiros nos últimos anos, tem contribuído para o retorno da doença.


    Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde, de janeiro a agosto houveram notificações de 221 casos suspeitos em 78 municípios do estado, dos quais 162 foras descartados, 55 são investigados e 4 estão confirmados.


    Belo Horizonte e região metropolitana têm lançado medidas para vacinação como a montagem de postos de saúde itinerantes para atendimento da população, com aplicação de doses extras em todo o estado, a SES estima vacinar 130 mil bebês que estão no grupo de risco, juntamente com pessoas até 39 anos.


    De fácil transmissão, o sarampo é uma doença infecciosa aguda transmitida por vírus, este é espalhado por meio de tosse, espirros e secreção, de uma pessoa para outra, assim como a gripe. Por ter contágio rápido, apresenta como sintomas comuns: irritação dos olhos, corrimento no nariz, manchas brancas no interior da bochecha, tosse persistente e manchas vermelhas na pele. Pode ocorrer ainda, febre, perda do apetite e diarreia.

     

    As vacinas estão disponíveis em postos de saúde durante o ano todo, são dadas em três doses ao longo da vida e adultos e crianças devem tomar, pois só ela previne com eficácia comprovada da doença. Já o tratamento não é específico, como ingestão de líquido e controle da febre ou o registro de vitamina A em casos mais graves.


    Conforme aponta a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) juntamente com a Organização Mundial da Saúde (OMS), de 2000 a 2017, a vacinação contra o sarampo evitou cerca de 21,1 milhões de mortes (80% do total), tornando-a um dos melhores investimentos em saúde pública. 

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus