• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    25/08/2019 06h00 - Atualizado em 24/08/2019

    Cruzeiro vai em busca da segunda vitória seguida

    BELO HORIZONTE - Rogério Ceni chegou e o Cruzeiro voltou a vencer uma partida no Campeonato Brasileiro. E não foi uma vitória qualquer. Sob o comando do novo treinador, a Raposa superou nada mais, nada menos, do que o líder da competição, o badalado Santos, de Jorge Sampaoli, por 2 a 0, no Mineirão. Assim, o treinador cruzeirense teve a semana livre para preparar a equipe para o jogo deste domingo, contra o CSA, às 19h (de Brasília), no estádio Rei Pelé, em Maceió-AL.
     
    O time alagoano está na zona de rebaixamento, ocupa a 19ª e penúltima colocação do Brasileirão, com 11 pontos, três a menos que o Cruzeiro, primeiro time fora do Z-4. Mas o fato de o próximo adversário ocupar as últimas colocações não torna o jogo fácil, de acordo com os jogadores cruzeirenses.
     
    De fato, o time mineiro não venceu nenhuma das três equipes que atualmente compõem a zona de rebaixamento da competição: perdeu para Chapecoense (2 a 1, no Independência) e Fluminense (4 a 1, no Maracanã), ambos ainda sob o comando de Mano Menezes, e empatou com o Avaí (2 a 2, na Ressacada), quando teve Ricardo Resende como técnico interino.
     
    “As dificuldades são as mesmas de enfrentar qualquer time do Campeonato Brasileiro. Muito difícil. Quando tem uma situação assim, de a equipe estar na zona de rebaixamento, há uma mobilização entre os jogadores para sair dessa situação. A gente espera um time que vai vir concentrado, sabendo exatamente o que quer dentro de campo. Temos que ser melhores que eles dentro de campo. Chega uma fase de virada de turno, as equipes estão entrosadas”, disse o lateral-esquerdo Dodô.
     
    O atacante Pedro Rocha aposta na concentração do time cruzeirense para que a Raposa obtenha a primeira vitória como visitante neste Campeonato Brasileiro. A última vez que venceu fora de Belo Horizonte pela competição de pontos corridos foi em junho do ano passado, quando bateu o Ceará, por 1 a 0, em Fortaleza, com gol de Sassá. O jejum já dura 20 partidas.
     
    “A gente sabe que no Campeonato Brasileiro não tem time fácil. Independentemente da posição que está, jogando em casa, todos os times são difíceis de vencer. Temos que ir bastante concentrados, cientes de que não há time bobo. Estamos preparados para fazer um grande jogo e buscar a nossa primeira vitória fora de casa”, comentou Pedro Rocha.
    Matéria exclusiva para assinantes

    Faça já a sua assinatura, tenha o jornal impresso em sua casa ou dê de presente para quem você gosta e ganhe o acesso nas páginas digitais pela internet, ou seja: Versão Impressa + Digital.

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus