• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    19/08/2019 09h50 - Atualizado em 19/08/2019

    Coluna de Minas: Teófilo Otoni vai contra fechamento do Sesc

    Uma manifestação com várias instituições e entidades de classe da cidade foi realizada contra o fechamento do Sesc em Teófilo Otoni. A concentração foi na porta do Sesc, quando pais e alunos também participa­ram e exibiram cartazes cobrando a continuação do colégio. O presidente da Câ­mara Municipal de Teófilo Otoni, vereador Filipe Costa disse que recebeu uma denúncia anônima, e como órgão de repre­sentação imediata da po­pulação não poderia ficar omissa, por isso acionou todas as instituições de representação da cidade, realizou uma audiência pública, e nesta data rea­lizou a manifestação com presença de funcionários do Sesc, pais e alunos do Colégio Sesc, e diversos representantes de insti­tuições da cidade. (Diário Tribuna – Teófilio Otoni)

    Divinópolis ganha 2,7 microempreendedores
    O volume de Microempreendedores Individuais (MEI) em Divinópolis avançou quase 20% em 12 meses. Números do Portal do Microempreendedor confirmam 16,6 mil registrados no município. Em um ano, 2,7 mil foram inscritos no MEI. Segundo o levantamento do Portal do Microempreendedor, a cidade tinha exatamente 16.663 optantes pelo simples até 31 de julho deste ano. No mesmo período do ano passado, Divinópolis estava com 13.927, ou seja, crescimento de 16,6% na comparação entre os dois períodos. Em Minas Gerais, são 969 mil microempreendedores individuais. (Jornal Agora – Divinópolis)

    Lei Orçamentária será tema de audiência
    Nesta sexta-feira, 16, a Prefeitura de Mariana realiza a audiência pública para elaboração e construção da Lei Orçamentária Anual, a LOA, para o ano de 2020. A reunião, que é aberta ao público, acontece às 18h, no Centro de Convenções. A ação, além de ser mais uma atividade para promover a transparência e a participação popular, obedece aos parâmetros previstos no inciso I, § 1º do art. 48 da Lei Responsabilidade Fiscal, além da exigência do art. 44 do Estatuto das Cidades (Lei Federal nº 10.257/2001). (Portal da Cidade- Mariana)

    Monlevade recebe R$798 mil da Cfem
    Mesmo sem sediar empreendimentos minerários em seu território, João Monlevade recebeu, em 2019, R$798.817,14 de recursos da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Cfem). A contrapartida foi estabelecida pelo novo Marco Regulatório da Mineração, através da Lei Federal 13.540/201, que determina que as cidades afetadas indiretamente pela atividade mineradora também têm direito a receber uma parcela da Cfem. Anteriormente, só tinham direito a receber os recursos, as cidades que sediam diretamente as atividades mineradoras, excluindo as localidades indiretamente afetadas, mas cortadas por minerodutos, ferrovias ou rodovias que escoam a produção de minério ou que abrigassem barragens. (Jornal A Notícia- João Monlevade)

    Entidades participam de capacitação
    A Prefeitura de Formiga realizou nessa segunda-feira, 12, um curso de capacitação para Habilitação e Desenvolvimento de Planos de Trabalho destinado a associações e entidades que desejam celebrar convênios com o município, através de orçamento impositivo. O encontro contou com a presença do prefeito Eugênio Vilela, e teve como objetivo orientar sobre a documentação necessária e os procedimentos. O chefe de Gabinete, Jaderson Teixeira, o secretário de Desenvolvimento Humano, Rui Palomo e os vereadores Marcelo Fernandes, Sidney Ferreira e Wilse Marques também participaram do encontro. Outros edis foram representados por seus assessores. (Jornal Nova Imprensa- Formiga)

    Cerest inaugura Serviço de Saúde Auditiva
    O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) inaugurou, nesta sexta-feira, 16, às 16h, no Centro de Especialidades Multiprofissional, o Serviço de Saúde Auditiva Ocupacional. O objetivo é acolher os trabalhadores e trabalhadoras com perda da acuidade auditiva relacionada ao ambiente e processo de trabalho de Barbacena e região. O Cerest Barbacena, realiza exames necessários para diagnóstico da saúde auditiva dos trabalhadores e trabalhadoras, e faz o acompanhamento e ações de prevenção e promoção, notificando os casos no Sistema de Informação de Agravos de Notificação. (Folha de Barbacena)  

    19/08/2019
    8 / 1

    Coluna de Minas: Teófilo Otoni vai contra fechamento do Sesc

  • Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus