• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    17/08/2019 10h10 - Atualizado em 17/08/2019

    Passense disputa concurso de locutores de rodeio

    O jovem de 13 anos que mora em Passos, Renan Augusto de Lima, o Renan Roxinho, que é locutor de rodeios desde os seis anos, vai participar do concurso do Rancho do Peãozinho de locutores juvenis da Festa do Peão de Boiadeiros, em Barretos, nesse sábado, 17. Roxinho vai disputar com mais quatro adolescentes de todo o Brasil.

    O talento de Roxinho vem os seis anos, tanto que já gravou até um CD, ganhou medalhas e, chegou a vencer várias gincanas. Em 2018 ele ganhou na primeira colocação na gincana de locutores nas Olimpíadas do Sindicato dos Produtores Rurais de Passos (SinRural), sendo que em 2012, o garoto ganhou em segundo lugar. 

    Para participar do concurso em Barretos Roxinho precisou de uma autorização do juiz. Segundo sua mãe, Beatriz Fernandes de Lima, ele conseguiu o documento nessa última segunda-feira, 12. Agora o jovem talento está apto para trabalhar profissionalmente. A mãe do garoto ainda revelou que tem quatro anos que ela tenta ajudar a realizar o sonho de seu filho, porém, para que a inscrição do concurso fosse feita era preciso desembolsar R$1.200,00 - um empresário havia pago a quantia para ajudar o garoto a realizar o seu sonho. 

    “O Renan já havia gravado um clipe fazendo a locução, em 2017, com a dupla Rafael e Henrique. E ganhou, no ano passado, a gincana das Olimpíadas do SinRural. Estava lutando para que ele, ao menos, colocasse os pés na arena em Barretos. Me ligaram da empresa de Barretos me informando que chegaram a ver dois vídeos dele, e um empresário, que não sei quem é, pagou a inscrição. Não sabia nem o que dizer, somente agradecer, porque R$ 1.200,00 é muito dinheiro para mim. Meu filho é muito esforçado, sempre gostou de roça e dedicado na escola”, emocionou. 

    Roxinho contou à reportagem da Folha que estuda de manhã, porém quando tem rodeio, ele vai em todos e, já participou aproximadamente de 20. Ressaltou que nunca faltou das aulas por causa de seu sonho. 

    “Comecei a gostar desde pequeno de locução. Sempre gostei de roça, quando era criança, ia nos rodeios ficava reparando os locutores.

    E, na época, minha mãe comprou um DVD Karaokê e eu ficava brincando de rodeio. E um certo dia, meu primo não pôde comparecer na locução, então, fui no lugar dele e ganhei em segundo lugar, em 2012. Agora, estou cuidando da minha voz para evitar problemas. Às vezes, acho que não vai dar certo, entretanto, minha mãe sabe o que fazer”, disse.

    Além da ajuda familiar, o jovem locutor tem a ajuda de patrocinadores e de outras pessoas. As empresárias Isabel Cândida e Daniela Cândida Batista conseguiram um chapéu para ele usar no evento. Além disso, todos que o ajudaram estão na torcida para Roxinho ganhar o concurso.

    “Ele é talentoso e como mora no bairro, onde fica meu estabelecimento, resolvi ajudar financeiramente. Como já o vi apresentar, acredito que tem grande chance de vencer o concurso”, contou Diogo Pereira de Souza, um dos patrocinadores de Renan Roxinho. 

    Para finalizar, o jovem talento está otimista e confiante de que vai conseguir uma ótima colocação no concurso. “Entramos para ganhar, mas caso não conseguir vencer, vou tentar de novo. Um locutor não é só levantar e narrar. Caso eu perder, vou treinar mais, e conseguir. Não pretendo parar”, finalizou.
     

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus