• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    09/08/2019 10h30 - Atualizado em 09/08/2019

    Coluna de Minas: Câmara sedia debate regional sobre pedágios

    A Câmara de João Monlevade realiza na próxima segunda-feira, 12, um encontro regional para discutir a cobrança de pedágios na BR-381 na região do Médio Piracicaba, a partir das obras de duplicação. O encontro em João Monlevade amplia o debate iniciado em reunião, na semana passada, na Câmara de Barão de Cocais. No encontro, são esperados prefeitos, vereadores, empresários e um técnico da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) foi convidado para esclarecer dúvidas. Segundo o presidente Leles Pontes (PRB), as obras de duplicação interessam a todos da região e o debate é importante. (A Notícia- João Monlevade)

    Barbacena estará presente em evento do TCE
    Representantes de Barbacena participaram no início desta semana do programa Ouvidoria Aproxima, desenvolvido pela Ouvidoria do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (Tcemg) e a Controladoria Geral da União, regional de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Os representantes de Barbacena foram o ouvidor geral de Barbacena, Marco Antônio Coura Paiva e as ouvidoras adjuntas da saúde, Maria Angélica Viana e do Serviço de Água e Saneamento (SAS), Patrícia Moreira. Segundo a Prefeitura Municipal de Barbacena (PMB), “com a participação no evento os especialistas, receberam orientações práticas para o adequado funcionamento das ouvidorias”. (Folha de Barbacena)

    MoC já registra oito mortes por gripe
    A gripe chegou com força total em Montes Claros neste ano. Pelo menos oito pessoas já morreram na cidade vítimas da Síndrome Respiratória Aguda Grave, que inclui gripes provocadas por diversos tipos de vírus, como o H1N1, e pneumonia. Outros três óbitos estão sob investigação. Os dados se referem ao período de janeiro a julho e, em comparação ao mesmo período do ano passado, são assustadores. Naquela época, as mortes não passaram de cinco. Já o número de casos confirmados das doenças respiratórias saltaram de 14 para 74 – um aumento de 428%. Ainda há 75 notificações sob investigação. Os dados constam do boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES). (O Norte- Montes Claros) 

    Observatório Social apresenta 1º relatório
    Na última segunda-feira, 5, o Observatório Social de Sete Lagoas apresentou, no auditório da ACI Sete Lagoas, seu 1º Relatório Quadrimestral de 2019. Nenhuma autoridade ou representante acompanhou presencialmente a apresentação. Segundo a entidade, o valor da economia não é tão somente o objetivo dos monitoramentos. "Tão importante quanto a economia é a correta observância da conformidade, que dá segurança jurídica aos atos praticados pelo poder público e, consequentemente, inibe possíveis irregularidades", diz o Relatório. No período, segundo o OS, foram publicados 101 editais, tanto do Executivo quanto do Legislativo e Saae. (Sete Dias- Sete Lagoas)

    Homicídios aumentam em Caeté
    Estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) na segunda-feira, 5, apontou alta nos índices de homicídios de Caeté. Os dados fazem parte do Atlas da Violência, que monitora esse tipo de ocorrência em todos os municípios do país. Em 2007, segundo o Ipea, a taxa de homicídios por 100 mil habitantes era de 7,09. Dez anos depois, esse índice subiu para 21,6 em Caeté. A tendência é de que os próximos levantamentos do Ipea revelem taxas ainda mais acentuadas, tendo em vista que a quantidade de assassinatos aumenta a cada ano na cidade. Em geral, segundo autoridades de segurança ouvidas pelo Opinião, os homicídios, “em grande parte”, decorrem de disputas por pontos de tráfico de drogas. (Jornal Opinião – Caeté)

    Pesquisadores analisam rotina do transporte
    Para saber mais sobre como acontece o deslocamento da população que utiliza o transporte público para se locomover no município, a equipe do Plano de Mobilidade vai fazer pesquisas dentro dos ônibus que trafegam pela cidade e também nas linhas que ligam a sede aos distritos. As ações acontecem simultaneamente na próxima semana, entre os dias 13 e 15 de agosto, e além de entrevistas com os passageiros, vai ser realizada a contagem do número de pessoas nos veículos. Na primeira pesquisa, entrevistadores vão fazer perguntas simples aos passageiros: de onde eles vieram, para onde vão e o motivo do deslocamento.  

    09/08/2019
    8 / 1

    Coluna de Minas: Câmara sedia debate regional sobre pedágios

  • Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus