• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    16/07/2019 10h15 - Atualizado em 16/07/2019

    Calçada irregular vira depósito de lixo no Vila Rica

    Seção Livre

     Calçada irregular, próxima ao número 197 da rua Itaipu, no bairro Vila Rica, em Passos, tornou-se depósito de lixo, tanto que tem galhos de árvore podada e alguns resíduos, o que, segundo moradores, atrapalha a passagem de qualquer pedestre. A reportagem da Folha esteve no local e verificou que o passeio não é cimentado, há um pouco de areia na lateral da via e restos de uma árvore foram deixados na área, além de sacos plásticos, garrafas PET, pedras e o mato cresce na área. Segundo informado por um morador, tem mais de uma semana que colocaram a árvore podada na localidade. Ele já fez o contato com a Prefeitura para explicar a situação e pedir a limpeza ou que o proprietário seja notificado, mas o entrevistado disse que nenhum procedimento foi feito por parte dos funcionários da gestão municipal. Um leitor da Folha disse que alguns moradores colocam lixo no local nos horários indevidos e muitas das vezes ficam resíduos na calçada. “Esses dias, tinha um recipiente que poderia ser encoberto de água, cheguei a ver e o removi da área, pois, assim, ninguém correria o risco de ter dengue. Não sei o que acontece, mas as pessoas deveriam ter mais noção e pararem de colocar entulho nessa área”, contou. Um cadeirante entrou em contato com a reportagem e destacou que, devido ao estado da calçada, não conseguiu se locomover e teve de andar no meio da rua. E ressaltou que quase foi atropelado. “Não sabia que a calçada estava nesse estado. Quando me aproximei dela e vi como que o passeio estava, não tive escolha e passei pela rua. Um carro que entrou na Itaipu quase me pegou em cheio, fiquei muito assustado na hora. Se algo não for feito, pode ser que outros indivíduos possam ser atropelados”, finalizou o reclamante.

    Resposta:
    A reportagem da Folha encaminhou a reclamação para a assessoria de imprensa de Passos. No entanto, até o encerramento desta edição, não obteve resposta. 

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus