• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    12/07/2019 11h11 - Atualizado em 12/07/2019

    Coluna de Minas: Municípios estão no Mapa do Turismo

    Formiga e os outros cinco municípios que integram o circuito turístico Grutas e Mar de Minas vão compor o Mapa do Turismo Nacional 2019/2021. De acordo com a Prefeitura, Formiga, Arcos, Campo Belo, Cristais, Pains e Pimenta, atenderam a todos os requisitos exigidos pelo Ministério do Turismo (Mtur). O Mapa do Turismo é o instrumento instituído no âmbito do Programa de Regionalização do Turismo que orienta a atuação do Mtur no desenvolvimento das políticas públicas. É o Mapa do Turismo Brasileiro que define a área – o recorte territorial – que deve ser trabalhada prioritariamente pelo Ministério. Ele é atualizado bienalmente, e sua última versão, de 2017, conta com 3.285 municípios, divididos em 328 regiões turísticas. (Jornal Nova Imprensa- Formiga)

    Eleitores precisam
    realizar cadastramento
    O eleitor valadarense tem até 21 de fevereiro de 2020 para fazer o cadastramento biométrico obrigatório, mas a Justiça Eleitoral recomenda que o procedimento seja feito o quanto antes. Chefe do cartório da 119ª Zona Eleitoral, Rubens Vieira alerta que, até o momento, a procura está abaixo do esperado: de 229 mil eleitores de GV e mais cinco municípios vizinhos que devem incluir a biometria, aproximadamente 155 mil ainda não procuraram a Justiça Eleitoral para regularizar a situação. Quem perder o prazo vai ter o título cancelado, não vai poder votar na eleição municipal do próximo ano e vai estar sujeito a outras penalidades. Vieira explica que os prazos para regularização são diferentes para os municípios, em datas estabelecidas pelo Tribunal Eleitoral. Para eleitores de Governador Valadares, o prazo máximo vai até 21 de fevereiro de 2020. (Diário do Rio Doce- Governador Valadares)

    Avaliação vai ser realizada na rede municipal
    A Secretaria Municipal de Educação (SME) realizou nesta quinta-feira, 11, a aplicação da Avaliação Sistêmica, 1ª edição 2019, envolvendo as 24 escolas municipais de Ensino Fundamental de Caratinga, tanto da sede, quanto do campo. Cerca de 2.700 alunos, do 1º ao 5º ano foram esperados para fazer a prova que tem como objetivo estabelecer um diagnóstico da aprendizagem dos alunos, possibilitando o planejamento de ações que contribuam para melhorar a qualidade da educação. As aplicações ocorreram no turno matutino (7h às 10h) e vespertino (13h às 16h). A Avaliação Sistêmica, que foi realizada em duas etapas, diagnóstica, no período de julho e somativa, no período de novembro de 2019, avalia o desempenho dos alunos nas áreas de Matemática e Língua Portuguesa, incidindo na criação do Índice de Desenvolvimento da Educação do Município de Caratinga (IDEMC). (Diário de Caratinga)

    10º Congresso de Educação
    da Amog é iniciado
    Com o objetivo de promover o debate e a atualização sobre os problemas e soluções para a Educação Pública, Guaranésia recebe o 10º Congresso de Educação da Associação dos Municípios da Microrregião da Baixa Mogiana (AMOG), nos dias 11 e 12 de julho. Promovido pela AMOG, com o apoio do Sistema Aprende Brasil e da Prefeitura de Guaranésia, o congresso é gratuito para os professores da rede pública de ensino dos municípios que integram a AMOG e espera reunir 420 profissionais de educação. Na programação estão incluídos debates e palestras sobre literatura, inclusão, segurança digital e o papel da escola na sociedade. (A Folha Regional- Muzambinho)

    JF registra sete infrações diárias por uso de celular
    Seja para responder uma mensagem, atender a uma ligação ou dar uma espiada no feed de uma rede social, os poucos segundos em que o condutor desvia sua atenção do trânsito para olhar o celular podem ser fatais. De acordo com um estudo em desenvolvimento pela Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet), o uso do aparelho móvel no volante é a terceira maior causa de morte no trânsito no Brasil, ficando atrás apenas do excesso de velocidade e de dirigir alcoolizado. Em Juiz de Fora, a Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) registra uma média de sete autuações por dia relacionadas ao uso do celular ao dirigir um veículo. Entretanto, poucos minutos observando o trânsito na cidade revelam que a atitude tem virado hábito entre os juiz-foranos. Conforme o estudo da Abramet, ao usar o celular no volante, as reações dos motoristas ficam até 35% mais lentas. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

    Projeto de compostagem com podas é realizado
    Com o “Projeto Compostagem”, os materiais provenientes de podas de árvores e gramados do município de Uberaba deixam de se avolumar nos aterros sanitários e encontram um destino mais nobre. O projeto é uma iniciativa da Faculdades Associadas de Uberaba (Fazu), em parceria com a Prefeitura de Uberaba, por meio da Secretaria do Agronegócio (Sagri).  

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus