• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    01/07/2019 08h22 - Atualizado em 01/07/2019

    Talentos e criatividade reconhecidos

    a São Paulo Fashion Week criou um selo indicando os criadores que fizeram trabalhos expressivos e merecem ampliar a visibilidade para seu talento

    Wagner Penna - Especial para a Folha

    O reconhecimento do trabalho e da criatividade das marcas nacionais é algo raro de acontecer, razão pela qual é valiosa a iniciativa da São Paulo Fashion Week em criar um selo indicando os criadores que fizeram trabalhos expressivos e merecem ampliar a visibilidade do seu talento.
    O selo ‘SPFW Ama’ foi criado e aplicado em 2017, a partir do convênio Contextualizar na Moda III, firmado entre o Sebrae e o IN-MOD Instituto Nacional de Moda e Design que reconhece criações de micro e pequenas marcas de moda e design brasileiras. Foram levados em conta, a identidade, originalidade, design, qualidade e inovação na proposta criativa e desenvolvimento de materiais.
    Neste ano o selo ‘SPFW Ama’ escolheu as cidades de Teresina (PI), Belo Horizonte (MG) e Brasília (DF). Em Minas, as marcas selecionadas e que receberam o prestigioso carimbo foram Ronaldo Silvestre, Carlos Penna, CerraDouro, Diwo, NotEqual, Nuu Shoes, Plural, Rita Cassini e Virgilio Couture. As marcas eleitas podem identificar as criações escolhidas com o selo SPFW AMA em suas lojas e plataformas de comunicação.

    FIBRA DE CARBONO
    Na moda praticamente tudo é permitido. A cada dia surgem novas tendências e o uso de novos materiais. A última descoberta na moda é na fibra de carbono. Utilizados em aplicações industriais na vanguarda da tecnologia e conhecida por sua resistência e leveza, a fibra de carbono já tem sido utilizada em larga escala em produtos premium como bicicletas, iates, aviões e carros superesportivos. No entanto, até pouco tempo ninguém havia utilizado a fibra de carbono para substituir tecidos em acessórios de moda.
    TURBINAS DE VENTO
    De acordo com matéria publicada no portal www.tecmundo.com.br em 2012, foi publicado um relatório na Reinforced Plastics que mostrava o uso da fibra de carbono em escala global. Na época, a maior utilização dos materiais era relacionada à produção das turbinas de vento para fins aeroespaciais e automobilísticos (23% do total). Em seguida, produtos para fins bélicos e construção aeronáutica somavam 18%, seguidos de perto por materiais esportivos (17%). Há alguns anos, a Lamborghini arriscou no mundo da moda e lançou uma coleção de bolsas feitas em fibra de carbono. As peças foram fabricadas em pequenas quantidades e costuradas a mão. A marca que está apostando no material agora é a G-Shock. Pioneira em relógios de alta resistência, ela chegou a outro nível com o lançamento da série GA-2000. Uma linha que une a variedade de relógios a base de fibra de carbono. A união perfeita entre a resistência a beleza e o design.

    NO PULSO
    Essa é uma nova era para a marca. Após estudos e diversos testes, a empresa trouxe um produto ainda mais resistente, cheio de tecnologia, elegância e agora um relógio bem mais leve. A nova linha foi apresentada na feira de Basel. No Brasil o produto chega em meados de julho. A princípio serão 5 opções de cores do modelo. Os modelos serão encontrados na loja online www.gshockstore.com.br. 

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus