• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    11/06/2019 09h01 - Atualizado em 11/06/2019

    Fisioterapia pode ser aliada da mulher durante a gestação

    EXERCÍCIOS ESPECÍFICOS PARA ESSA FASE PODEM FORTALECER O ASSOALHO PÉLVICO, AUXILIANDO AS FUTURAS MAMÃES NA HORA DO PARTO

    Bruno Romani - Especial para a Folha

    Durante a gestação, uma série de mudanças corporais faz com que a mulher sofra com dores lombares, especialmente no final do segundo e durante o terceiro trimestre da gravidez. Isto acontece porque a gestante tem seu centro de gravidade alterado, pois o peso aumenta na frente do corpo pelo aumento da barriga e dos seios. Estas mudanças da coluna, quando não acompanhadas por um fisioterapeuta, podem gerar alterações posturais, criando um ciclo de dores e posturas incorretas.
    “Na tentativa de encontrar o equilíbrio novamente, a mulher empurra o tronco para trás, o que acaba prejudicando a coluna, e abre sua base para caminhar, andando com as pernas mais abertas, tudo isso pra que a gestante não caia para frente, ocorrendo assim uma sobrecarga na coluna lombar, acentuando o ângulo de sua curvatura, formando o que nós chamamos de hiperlordose”, detalha a fisioterapeuta Adrielle Pedroso Ronca, profissional da Unimed Sudoeste de Minas.
    Nestas situações, a fisioterapia para a gestante tem o objetivo de cuidar das alterações físicas durante a gestação, sempre priorizando o cuidado e o bem-estar do bebê.”O acompanhamento fisioterapêutico é de fundamental importância seja pra tratamento de dores nas regiões de tendões, músculos e articulações ou para promoção e prevenção em saúde. É indicado para tratamento da coluna e alterações posturais produzidas pela gestação, e principalmente, para acompanhamento das atividades físicas associadas com o trabalho postural, e indispensável o fortalecimento e conscientização da musculatura do assoalho pélvico, necessário à saúde da mulher e preparação para o parto”, explica Adrielle.
    Entre os diversos benefícios da fisioterapia nesta fase estão o condicionamento físico para melhora do fortalecimento e flexibilidade muscular e preparo cardiorrespiratório com atividades aeróbicas de intensidade leve a moderada; evita e trata as dores da coluna, preconizando o trabalho postural. Além disso, evita a diabetes gestacional e ajuda no controle do peso, através de gasto energético durante os exercícios; evita inchaços nos membros inferiores, pois os exercícios melhoram o fluxo sanguíneo. “Vale a pela lembrar que um dos grandes benefícios dos exercícios com acompanhamento fisioterapêutico está no auxílio ao trabalho de parto, evitando a incontinência urinária durante e após a gestação, pois favorece o fortalecimento específico da musculatura do assoalho pélvico; além de diminuir o estresse e a ansiedade, aumentar a autoestima, melhorando a qualidade de vida. Além disso, uma mulher mais ativa, com bom condicionamento físico e cardiorrespiratório, voltará mais rápido as suas atividades após o parto”.

    Oficina de Fortalecimento do Assoalho Pélvico
    As gestantes beneficiárias da Unimed Sudoeste de Minas podem participar da Oficina de Fortalecimento do Assoalho Pélvico, que acontece todas as segundas-feiras às 19h no Núcleo de Atenção à Saúde. O trabalho visa o condicionamento físico e reeducação postural da gestante, contando também com exercícios específicos para fortalecimento e conscientização do assoalho pélvico. “Independente do parto que a gestante escolher, é indispensável o fortalecimento dessa região para melhora da saúde da mulher, evitando incontinência urinária durante e após a gestação, evitando a diástase do reto abdominal que é a separação do músculo do abdômen, evitando a laceração e episiotomia durante o parto, além de criar melhores condições para o parto normal”, finaliza a fisioterapeuta.
    As futuras mamães interessadas em participar da oficina devem entrar em contato com o Núcleo de Atenção à Saúde, que fica na Avenida Juca Stockler, 805, bairro Belo Horizonte em Passos ou pelo telefone (35)3529-2636.  

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus