• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    23/05/2019 11h09 - Atualizado em 23/05/2019

    Pneus, reaproveitamento, desperdício

    Meio Ambiente

    Vanessa da Silva Reis - Especial para a Folha

    Os avanços tecnológicos na fabricação de automóveis fez com que o aumento no volume de pneus descartados aumentasse muito nos últimos anos. A reutilização de pneus e/ou o reaproveitamento de seus componentes se tornou uma solução rentável e ecologicamente correta, porém pouco usada em nosso país.
    Pneu é uma estrutura complexa fabricada para rodar em diversos tipos de solos, com cargas diversas, temperaturas diferentes e por um determinado tempo. Sua composição química é composta por borracha natural (extraída principalmente da seringueira), borracha sintética (derivada do petróleo), aço, negro fumo, óxido de zinco, ácido esteárico, enxofre, antidegradantes, aceleradores, retardadores e auxiliares do processo.

    Reaproveitamento

    A borracha depois de separada dos outros componentes pode ser usada na mistura para fabricação de asfalto, calçadas, piso de parques, bancos, materiais para construção (blocos), calçados, parede de contenção, PVC, produtos artesanais. Nas indústrias é usada como combustível.
    Estima-se que mais de 25 milhões de pneus são descartados no Brasil em aterros sanitários, terrenos baldios, rios, lixões e nas ruas. Não há um número exato, devido à falta de fiscalização. Após a Lei nº 12.305/10 que instituiu a Politica Nacional de Resíduos Sólidos pouca coisa mudou.

    Desperdício

    Pneus descartados de forma incorreta irão contaminar o solo, água e o ar, pois em alguns lugares são incinerados a céu aberto sem nenhum tipo de tecnologia apropriada. Essa prática faz com que haja uma perda significativa de matéria prima que deveria ser reutilizada gerando inúmeros benefícios não só ambientais mais também econômicos.
    Precisamos urgentemente investir em logística reversa e programas nacionais de reaproveitamento de pneus, com incentivos as empresas recicladoras, que ajudam o meio ambiente, geram emprego e renda e promovem a preservação de inúmeras espécies animais e vegetais.


    VANESSA DA SILVA REIS é Engenheira Ambiental em Passos
    Instagram @v_vanessareis 

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus