• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    21/05/2019 05h50 - Atualizado em 21/05/2019

    Vigilância faz inspeções no comércio

    VIGILÂNCIA SANITÁRIA DE PASSOS ESTÁ FISCALIZANDO E INTEIRANDO ESTABELECIMENTOS QUE REALIZAM COMÉRCIO VAREJISTA DE CARNE QUANTO AO NOVO REGULAMENTO DE BOAS PRÁTICAS

    Beatriz Silva
    PASSOS — Após publicação do novo regulamento técnico de boas práticas para estabelecimentos que realizam comércio varejista de carnes em todo o Estado de Minas Gerais (Resolução nº 6.693), a divisão da Vigilância Sanitária de Passos deu início às inspeções de rotina com finalidade de adequação à nova legislação e orientação aos proprietários e funcionários quanto aos cuidados com a higiene, limpeza, manuseio e conservação dos alimentos. Os responsáveis terão 127 dias para promoverem as adequações necessárias. 
    Conforme disse Luciana de Medeiros Castro Ladeira, a coordenadora de Vigilância Sanitária do município, o novo regulamento, estabelecido pela Secretaria de Saúde do Estado, tem como objetivo constituir os ajustes necessários para açougues e mercados que comercializam carnes, assim como regulamentar a produção artesanal de seus derivados, como linguiça, carnes temperadas e almôndegas, entre outros, nesses tipos de estabelecimentos. 
    Também segundo a coordenadora, agora, os estabelecimentos devem passar a serem classificados por categorias, conforme as atividades que realizam. Desse modo, a “Categoria A” tem relação com comércios que fracionam carcaças, desossam, manipulam, transformam artesanalmente e comercializam no balcão frigorífico ou pelo sistema de autosserviço; a “Categoria B” agrega estabelecimentos onde ocorre o fracionamento de carcaças, desossa, manipulação e comercialização no balcão frigorífico, não podendo haver transformação artesanal; e, por último, na “Categoria C,” enquadram-se locais onde manipulam e comercializam as carnes no balcão frigorífico, onde não pode haver fracionamento de carcaças, desossa e transformação artesanal. 
    21/05/2019
    8 / 1

    Vigilância faz inspeções no comércio

  • Matéria exclusiva para assinantes

    Faça já a sua assinatura, tenha o jornal impresso em sua casa ou dê de presente para quem você gosta e ganhe o acesso nas páginas digitais pela internet, ou seja: Versão Impressa + Digital.

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus