• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    09/05/2019 09h13 - Atualizado em 09/05/2019

    Leitor

    Aparecida Baldini ? Passos/MG E-mail: vovobaldini@hotmail.com
    Alô, alô, atenção!
    Deu nesta Folha de domingo último: A PMP irá revisar o Plano Diretor.  Chamo a atenção, principalmente dos moradores de bairros residenciais próximos ao centro da cidade. (Eldorado, por exemplo): fiquem atentos.
    A Fundação João Pinheiro, entidade do governo de Minas, “será a responsável pela revisão do Plano Diretor” existente. Melhor dizendo: A Fundação João Pinheiro será responsável pela proposta de revisão do Plano Diretor. Ótimo!!! Até aí tudo bem. A citada Fundação tem competência e experiência para desenvolver uma proposta dessa natureza.
    Mas, quem encaminha a proposta para aprovação (e pode revisar a revisão da Fundação), é a PMP. E quem tem competência para aprovar a proposta de revisão é a “egrégia e colenda” Câmara Municipal, que pode modifica-la também.
    Aí mora o perigo. Não nos esqueçamos de que, recentemente, uma empresa passense que, por acaso (como diria o Cel. Mattos), tem como um dos seus proprietários um influente e recorrente Secretário Municipal, tentou aprovar, às ocultas, a construção de duas torres no Bairro Eldorado, não por acaso, citado acima como exemplo.
     
    Marcílio Padino – Passos/MG
     
    A fila da tesoura
    Sou favorável a que haja cortes na educação, apenas nos salários dos reitores. Feito isso, poderíamos cortar as lagostas e mordomias do Supremo Tribunal Federal, do Superior Tribunal de Justiça, dos Tribunais de Contas da União, dos Estados e dos Municípios, dos Tribunais de Justiça e os altos salários da Petrobrás, do Banco do Brasil e de outras entidades ligadas direta ou indiretamente aos governos de todos os níveis. Feito isso, sobraria dinheiro para a educação e ainda seria possível pagar o Bolsa Família dos milhares que seriam demitidos com as propostas citadas.
     
    Iria De Sá Dodde - Rio de Janeiro/rj
     
    O amor conjugal
    O Céu está procurando por um homem e uma mulher puros que possam representar o Céu e a Terra, como um casal, com um coração de amor apaixonado. Vocês devem ter tal amor, como esposo e esposa, e criar os seus filhos e filhas nesse amor. (127-100, 5.5.1983) S.M.Moon
    A cena de um homem e de uma mulher abraçando-se e beijando-se é uma cena onde a colisão dos pólos opostos de um plano gera a luz que deve iluminar o caminho para encontrar amor. Quando uma luz branca aparece lá, as cores devem ser adicionadas para criar uma luz colorida brilhante. Vocês devem saber que, quando estas luzes são misturadas pelo amor vertical de Deus, se transformam num mundo esplêndido e ideal, cujo brilho se assemelha às cores do arco-íris. (134-170, 7.4.1985) S.M.Moon
     
    Aparecida Baldini – Passos/MG E-mail: vovobaldini@hotmail.com

    Mais sobre a editoria

    29 de Maio de 2019
  • 27 de Maio de 2019
  • 24 de Maio de 2019
  • 23 de Maio de 2019
  • 21 de Maio de 2019
  • 20 de Maio de 2019
  • 17 de Maio de 2019
  • 15 de Maio de 2019
  • 13 de Maio de 2019
  • 10 de Maio de 2019
  • Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus