• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    23/04/2019 08h44 - Atualizado em 23/04/2019

    Hilda Mendonça ganha exposição

    A "Exposição Hilda Mendonça 80 anos" acontece até o dia 29 de abril, das 7h às 1h, na Biblioteca Pública Municipal, localizado na Praça Geraldo da Silva Maia, na Casa da Cultura, em passos

     A prefeitura de Passos, por meio da Secretaria de Cultura e Patrimônio Histórico está promovendo mais uma exposição gratuita para a população. Desta vez a homenageada pelo município será uma grande autora da região, Hilda Mendonça.
     Hilda é mineira, natural de Alpinópolis e autora de livros infantis e juvenis. Escreve textos infantis na revista Foco Magazine, faz parte do conselho do jornal Folha da Manhã, da Academia de Letras de Taguatinga, da Associação Nacional de Escritores (ANE), da Academia Brasileira de Poesia - Casa Raul de Leoni, Petrópolis (RJ) e várias entidades literárias.
     A “Exposição Hilda Mendonça 80 anos” acontece até o dia 29 de abril, das 7h às 17h, na Biblioteca Pública Municipal, localizado na Praça Geraldo da Silva Maia, na Casa da Cultura, contando com todas as obras e biografia da autora.
    A escritora Hilda Mendonça é filha de Alfredo Crispim da Silva e Antonia Francisca Mendonça. Formada em Magistério – Letras Inglês/Português, pós-graduada em Ensino Institucionalizado e Educação para Adultos, além de ter diversos cursos na área da Educação, viveu 17 anos em Passos, onde completou o ensino médio e superior.
    Ela se mudou para Brasília, em 1975, sendo aí aprovada em concurso público como professora de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, exercendo o magistério por 25 anos, notadamente na cidade de Taguatinga, onde se envolveu também em atividades literárias, desfiles da cidade, música etc.
    Hilda Mendonça é filiada ao Sindicato dos Escritores do Distrito Federal, tendo sua biografia registrada no Arquivo Público do DF e já publicada em uma revista da ADPF. Há que destacar ainda que desenvolveu rico trabalho sobre o resgate da história da cidade de Taguatinga. Participou do projeto “Leitor Criador”, das escolas públicas do DF e do projeto Luz e Autor em Braille (PLAB) da biblioteca Braille Dorina Nowill. Ao aposentar-se, em 2000, Hilda volta para Minas Gerais, dedicando-se agora integralmente a sua obra literária.
    Tendo recebido inúmeras homenagens ao longo de sua carreira, a que mais se destaca é ter seu nome dado à biblioteca do CEM-E IT Taguatinga-DF, chamada Biblioteca Hilda Mendonça. É membro fundador da Academia Taguatinguense de Letras, cadeira nº 4, patrono Humberto de Campos.
    Ela está morando em Passos já há alguns anos, onde escolheu para curtir sua aposentadoria e continuar a doce carreira de escritora.
     

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus