• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    26/03/2019 10h06 - Atualizado em 26/03/2019

    Coluna de Minas

    Rede de notícias do Sindijori MG
    Infraero amplia aeroporto
    de Montes Claros
    A Infraero entregou as obras de recapeamento na pista de pouso e decolagem do Aeroporto de Montes Claros e apresentou o projeto de ampliação do terminal de passageiros do aeroporto, que passará a atender, com maior conforto, mais de 1,5 milhão de passageiros por ano. As melhorias na pista contaram com investimento de mais de R$6,3 milhões. Os trabalhos, iniciados em julho de 2018, foram conduzidos pela empresa Transvias Construções e Terraplanagem. O superintendente do aeroporto, Michael Noleto Crestani, esclarece que se trata do maior investimento realizado pela Infraero nos últimos 15 anos no Aeroporto Mário Ribeiro. (Gazeta Norte Mineira – Montes Claros)
     
    Comissões debatem eficiência da Copasa 
    Integrantes da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentaria e Comissão de Saúde, reuniram-se na tarde de sexta-feira, 22, com o superintendente de Operação Centro e Oeste da Copasa, João Martins, em um novo debate sobre as obras, atividades e ações da estatal em Divinópolis. No último dia 11 de março, a Comissão de Fiscalização já havia realizado um debate para tratar dos problemas relatados na prestação de serviços feita na cidade. O encontro foi realizado no Plenarinho da Câmara Municipal e teve como foco a eficiência do trabalho da Copasa. (Gazeta do Oeste- Divinópolis) 
     
    Câmara anuncia cortes nos gabinetes
    O presidente da Câmara Municipal de Governador Valadares, Júlio Avelar (PV), anunciou na última reunião ordinária do mês de março, no dia 19, que o ano de 2019 será de cortes e contenção de despesas no Poder Legislativo. Dentre as medidas a serem adotadas pela presidência da Câmara, a partir de abril, estão a diminuição da pontuação (salário) destinada à contratação de assessores dos vereadores e o fim da verba para lanche nos gabinetes. (Diário do rio Doce – Governador Valadares)
     
    Risco de rompimento 
    ameaça seis mil pessoas
    A mineradora Vale sabia, desde 1º de março, que havia risco iminente de ruptura da Barragem Sul Superior, da Mina de Gongo Soco, em Barão de Cocais, pelo fenômeno de liquefação, o mesmo que resultou nos desastres de Brumadinho e Mariana. Ainda assim, a elevação para o nível 3, o último antes do rompimento, só aconteceu na última sexta-feira, 22, 21 dias depois que a Walm Engenharia, auditoria externa contratada pela gigante da mineração, alertou para o quadro. As informações estão presentes em Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público de Minas Gerais. A situação de risco iminente de ruptura também abrange outras barragens em Minas, segundo o Ministério Público. (O Vigilante Online- Leopoldina) 
     
    Projeto de leitura em ônibus escolares 
    O Departamento de Transporte Escolar e a Biblioteca Pública Municipal Bernardo Guimarães, da Secretaria Municipal de Educação fizeram parceria para o projeto-piloto Rota de Leitura. As crianças e adolescentes transportadas pela Prefeitura de Uberaba passam, muitas vezes, 20 minutos ou mais dentro dos ônibus. A ideia da secretária de Educação Silvana Elias é de que os alunos tivessem uma atividade lúdico-pedagógica no caminho entre a escola e a residência e vice-versa. A parceria foi possível e a logística do projeto está funcionando, como teste em 10 dos 40 ônibus que rodam com alunos do Município. (Jornal da Manhã- Uberaba) 
     
    Hemominas 
    reconhece Hospital
    O Hospital Margarida, de João Monlevade, é um dos poucos hospitais de Minas Gerais a serem reconhecidos pela Fundação Hemominas, como um dos maiores captadores de bolsas de sangue e doadores do estado. Trata-se de um reconhecimento histórico e importante para a casa de saúde. De acordo com o provedor do Hospital Margarida, José Roberto Fernandes, o Hospital aumentou muito a doação de sangue e o repasse para o banco do estado. Para ele, o resultado é fruto do trabalho consciente e efetivo dos funcionários do Hospital que não poupam esforços para conseguir doadores. (A Notícia -João Monlevade) 
    26/03/2019
    8 / 1

    Coluna de Minas

  • Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus