• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    26/03/2019 08h59 - Atualizado em 26/03/2019

    Leitor

    Jair Gomes Coelho ? Vassouras/RJ
    tica dos animais
    Devorarem-se os animais uns aos outros é a regra da natureza; os caçadores agressivos na caça, ao serem caçados, fugidios. É o jogo jogado. Mas a ética sai ferida, não pela matança dos que nos alimentam, mas decorrente da domesticação deles. Se tivessem a consciência de serem cuidados para serem comidos, estaríamos passando fome ou caçando.
    A ausência de ética se mostra na traição à confiança que eles depositam em nós, na sua certeza de que serão sempre cuidados. Alguém se lembra do antigo frango de domingo? Era atraído pela “generosa” oferta de milho... Deve-se lealdade aos animais? Se a resposta for negativa, não há infração ética no sacrifício.  
     
    Raul Moreira Pinto – Passos/MG 
     
    Brasil do futuro
    No futuro o Brasil vai olhar para o que está acontecendo e terá dificuldade de acreditar: o presidente da República é chefe de uma quadrilha criminosa especializada em roubar dinheiro público; os partidos políticos recebem bilhões a título de fundo partidário; os políticos se aposentam cedo, sem contribuir 
    com nada. 
    Um dia o Brasil vai olhar para este lixo todo que aí está e será difícil de acreditar que fomos tão atrasados, será algo como a escravidão, teremos dificuldade de acreditar que realmente houve um tempo em que as pessoas eram escravas, compradas e vendidas, apanhavam no meio da rua, eram mortas, tudo dentro da lei. Espero que este dia não esteja 
    muito longe.
     
    Mário Barilá Filho - São Paulo/SP
     
    Ditos populares
    Segundo um dito popular, “não há bem que sempre dure nem mal que não tenha fim”. A Operação Lava Jato está promovendo no Brasil uma ação jamais registrada na história do País, colocando atrás das grades figurões até então intocáveis, todos roubando descaradamente os cofres públicos e isentos de qualquer punição. Como paladinos do roubo e da corrupção, o Supremo Tribunal Federal (STF) julgou por votação apertada (6 a 5) que julgamentos de crimes de caixa 2 estariam sob a responsabilidade do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), numa sentença de pré-morte do Lava Jato. Num contra-ataque rápido e certeiro, os higienizadores da sujeira que tomava conta da política mandaram a Polícia Federal pôr para o lado de dentro das grades o ex-presidente Michel Temer, o ex-ministro Moreira Franco e outras figuras menos carimbadas. 
    Para quem não acredita em “corpo fechado”, aqui vai uma pergunta: por que até agora a ex-presidente Dilma Rousseff está em liberdade privilegiada?

    Mais sobre a editoria

    20 de Maio de 2019
  • 17 de Maio de 2019
  • 15 de Maio de 2019
  • 13 de Maio de 2019
  • 10 de Maio de 2019
  • 09 de Maio de 2019
  • 08 de Maio de 2019
  • 07 de Maio de 2019
  • 06 de Maio de 2019
  • 03 de Maio de 2019
  • Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus