• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    11/02/2019 07h51 - Atualizado em 11/02/2019

    Leitor

    Marcelo G. Jorge Feres
    nspire-se: resultados.
    “Mude de lugar, mas não perca suas raízes. Pense diferente, mas não perca seus princípios”. Inspire-se! Mahatma Gandhi é inspiração, disse: Você nunca sabe que resultados virão da sua ação. Mas, se você não fizer nada, não existirão resultados. Outrora, em tempos remotos, era comum ouvirmos que as pessoas se inspiravam em alguém, em alguma coisa. Naquele tempo, havia em quem se inspirar ou o que inspirar. Sei lá. Hodiernamente não temos muita inspiração. Espelhamos no passado, nos heróis, porque no presente há pouca motivação para criatividade e inspiração. Espera aí, inspirados ou não, ficamos com nossa tradição familiar, domesticamente enfim, exemplos do passado. Muito pessimismo, sim. Negativismo, sim. Porém, vejamos porque – a realidade nos dias atuais, na sociedade, a destruição das famílias; na engenharia, a logística da mobilidade urbana – queda de viadutos; nas instituições de grande porte, rompimentos de barragens das mineradoras, dos rejeitos do minério de ferro de Empresas como Samarco Mineração S/A e a CVRD (Companhia Vale do Rio Doce) de renome mundial; na política – a decadência dos políticos e da política em si, o caos institucional brasileiro, a politização das decisões do Judiciário e a desconfiança da população, que atinge a todos os poderes, principalmente no Congresso Nacional e STF – Suprema Corte. Entretanto, acredito (e espero) na mudan&cced il;a da nova política do “Brasil acima de tudo”. Na religiosidade, centrada na fé de uma religião – o aparecimento de um “João de Deus”, eu prefiro o “João de Goiás”. Deus é muito para ele. Saudades, Francisco Cândido Xavier – conhecido Chico Xavier, médium filantrópico e expoente líder espiritual e, com ele, assim termino e dedico minha inspiração, não no passado, mas em 2019! “Crê em ti mesmo, age e verá os resultados. Quando te esforças, a vida também se esforça para te ajudar”.
     
    Fernando de Miranda Jorge - Jacuí/MG – e-mail: fmjor31@gmail.com
     
    O crítico
    O ex-presidente Lula criticou o pacote anticrime anunciado pelo ministro Sérgio Moro e a reforma da Previdência do ministro Paulo Guedes, afirmando que ambas as medidas irão aumentar a desigualdade e a criminalidade e que os ministros apontados precisam apresentar um pacote para salvar o Brasil, através de medidas que gerem emprego, renda e educação, afirmando ainda que o governo atual necessita entender que o Estado precisa entrar nas favelas com política pública, e não só com polícia. Ou seja, está mais do que provado que falar é muito mais fácil que fazer, pois após quase 14 anos no poder o eterno líder do PT ensina agora a receita de um bolo que, quando pôde, ele não fez, mas que, depois, se tornou ridículo que os outros não o fizessem. Além do que, todos estão concordando com as propostas dos dois ministros criticados - todos os que não têm interesses apenas políticos e eleitoreiros, 
    é claro.
     
    Marcelo G. Jorge Feres 

    Mais sobre a editoria

    18 de Fevereiro de 2019
  • 16 de Fevereiro de 2019
  • 15 de Fevereiro de 2019
  • 14 de Fevereiro de 2019
  • 13 de Fevereiro de 2019
  • 12 de Fevereiro de 2019
  • 09 de Fevereiro de 2019
  • 08 de Fevereiro de 2019
  • 07 de Fevereiro de 2019
  • 06 de Fevereiro de 2019
  • Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus