• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    09/02/2019 08h40 - Atualizado em 09/02/2019

    Casa e terreno podem estar com foco de larvas do mosquito da dengue

    Fábio Henri - Especial para a Folha

    Moradores do bairro Colégio de Passos, na cidade de Passos estão preocupados e intrigados com terreno e uma casa abandonada, situados na rua João Pimenta. Conforme dito por moradores, há um terreno baldio cercado, de número 537, que está com um vasto matagal e presença de lixo em seu interior. Na mesma via, há também a presença de uma casa fechada para venda, de número 551, que está com mato alto e entulhos. Conforme informado por um morador das proximidades, quando o funcionário da zoonoses passa pela área, ele não consegue entrar nem no terreno e nem na casa em questão. “Ficamos preocupados, porque estamos em uma época em que a dengue está em alta. E, dentro desses terrenos tem pequenos entulhos que podem ser encobertos de água, ainda mais esses dias que choveu. Tenho certeza que deve ter lavas do mosquito da dengue”, alegou. Além do mais, os moradores desconhecem quem é o proprietário do terreno e da residência. Um outro entrevistado revelou que tem mais de seis meses que as áreas estão nesse estado e que já chegou a entrar em contato com a prefeitura e nada foi feito. “Já liguei e expliquei o caso, mas nada resolveu. A casa não é alugada tem tempo. Com isso, vai aglomerando mato e lixo. O proprietário poderia dar uma manutenção na casa. Claro que no terreno também deveria ser feito o mesmo. É difícil vermos o mutirão da dengue , que passou pela região, mas não conseguiu entrar nesses dois locais, pois eles estavam fechados. Nas demais casas, que sabemos que os moradores fazem a parte deles, eles entraram, mas os lugares que realmente precisam, não”, lamentou .

    Resposta:
    A Prefeitura de Passos informa que a reclamação foi encaminhada para o Departamento de Controle Urbanístico para que um fiscal possa ir ao local tomar as medidas necessárias.  

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus