• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    06/02/2019 07h49 - Atualizado em 06/02/2019

    DO LEITOR

    Pierre Bedouch ? Passos/MG
    Lava Jato e Cia...!
    Não quero defender os políticos e responsáveis de grandes empresas que desviaram bilhões... Mas precisamos reconhecer que se tudo isto não tivesse acontecido encontraríamos  hoje um caos quase igual. Tanto a televisão quanto os jornais simplificam demais a realidade que vivemos. Acho que as mudanças que aconteceram estes últimos 40 anos foram maiores que as que aconteceram os 500 primeiros anos do Brasil! Temos enormes dificuldades em assimilar essas mudanças. Nem todas elas são boas. Hoje adolescentes exigem o celular último modelo e os pais passam necessidades, ficam endividados. Considerá-se indispensável possuir um carro quando, há poucos anos, não se podia comprar uma bicicleta....
    Antes de vir no Brasil, em 1965, um amigo me disse que toda novidade que aparece na Europa, chega uns 30 anos depois no Brasil. Hoje, muitas vezes, uma novidade em tecnologia chega primeiro no Brasil. Também começou a era do descarte: se a televisão dá defeito, compra-se outra mais moderna (e o técnico que concertava esses aparelhos fica sem serviço). Para os jovens (e as vezes os menos jovens) até o(a) companheiro(a) é descartável no primeiro problema que surge! Logo há mudanças profundas nas famílias: onde está a estabilidade de ontem?  Quando é que tudo isso vai se normalizar? Com meus 83 anos perdi a esperança de ver esse dia, e você, mais jovens, certamente não viverá o bastante para ver isto!
     
    Pierre Bedouch – Passos/MG 
    E-mail: p.bedouch@uol.com.br
     
    Menos um
    Mais uma vez o povo, por meio das redes sociais, acabou vencendo. Desta vez, alijou da presidência do Senado um dos maiores inimigos do Brasil, membro da velha política, Renan Calheiros. E este levou com ele um monte de outros velhos coronéis e jagunços do Nordeste brasileiro, como Sarney, Barbalho e Collor. Apenas oito dos antigos senadores foram reeleitos nesta leva. Daqui a quatro anos, muitos mais o serão, acredito. Esta renovação na política está acontecendo para valer, mesmo com a extensa lauda de Dias Toffoli determinando a votação secreta no Senado, que já deveria estar pronta para ser apresentada naquele momento. Renan, tchau e benção, recolha-se à sua agora insignificância e apronte-se para enfrentar os processos aos quais responde na Justiça. E, se for o caso, para cumprir as penas a que será condenado. 
     
    Carlos E. Barros Rodrigues
    São Paulo/SP
     
    E se?
    E se Renan Calheiros for preso e resolver delatar? Com certeza, vai precisar de proteção policial mais do que teve PC Farias de Collor nas Alagoas!

    Mais sobre a editoria

    18 de Fevereiro de 2019
  • 16 de Fevereiro de 2019
  • 15 de Fevereiro de 2019
  • 14 de Fevereiro de 2019
  • 13 de Fevereiro de 2019
  • 12 de Fevereiro de 2019
  • 11 de Fevereiro de 2019
  • 09 de Fevereiro de 2019
  • 08 de Fevereiro de 2019
  • 07 de Fevereiro de 2019
  • Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus