• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    29/01/2019 06h00 - Atualizado em 29/01/2019

    13º salário de servidores de Minas parcelado em 11 vezes

    Da Redação

    O governador Romeu Zema (Novo) anunciou nesta segunda-feira que vai pagar o 13º salário do funcionalismo público em 11 vezes, entre fevereiro e dezembro. De acordo com ele, o pagamento será feito sempre no primeiro dia útil após o dia 20 de cada mês. O anúncio foi feito em um vídeo nas redes sociais.

    "Após longos dias de muito trabalho estou passando pra dizer como será feito o pagamento do 13° salário para todos os servidores nativos, inativos e pensionistas. Sendo 371.786 servidores ativos, 256.081 inativos e 52.000 pensionistas, totalizando 679.867. Estudamos todas as possibilidades para pagar o décimo terceiro que não foi feito pelo governo anterior e a única forma viável, hoje, é parcelar em 11 prestações, de fevereiro a dezembro. O valor será pago sempre no primeiro dia útil após o dia 20 de cada mês. Vamos continuar trabalhando pra tirar Minas do vermelho", destacou a publicação de Romeu Zema.

    O benefício deveria ter sido quitado em dezembro do ano passado, ainda na gestão de Fernando Pimentel (PT).

    O diretor do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público do Estado de Minas Gerais (Sindpúblicos-MG), Geraldo Henrique, classificou a medida como "decepcionante e muito injusta". Vejo isso com uma preocupação muito grande, principalmente para aqueles que recebem salários menores. Parcelar em 11 vezes você está tratando desiguais como iguais".

    Segundo o dirigente sindical, o goveno do Estado deveria ter pensando melhor e avaliado a situação dos servidores que recebem vencimentos menores: "Já que está com essa dificuldade toda, que pagasse quem ganha até R$ 2.000 em apenas duas parcelas, por exemplo. Quem ganha menos é quem mais sofre. É muito difícil essa situação".

    Veja o vídeo do anúncio: https://www.instagram.com/p/BtMgEeqg2tx/

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus