• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    29/01/2019 07h42 - Atualizado em 29/01/2019

    Explosão de cores no figurino de Verão 90

    Baseada na proposta de alegres lembranças dos anos 90, a figurinista Marília Carneiro conta que o conceito apresentado em 'Verão 90' é justamente uma explosão de cores 

    Cintia Lopes - Especial para a Folha

    Uma explosão de cores no visual e na maquiagem. É o que promete o figurino da novela das sete, “Verão 90”, que estreia nesta terça. Quando se pensa na década de 1990, o figurino e a maquiagem indicam um colorido onipresente. O retorno do estilo da década, inclusive, está inspirando a moda atual com diversas referências. São peças multicoloridas, cores de batons mais marcantes, jeans com modelagens maiores, estampas fluorescentes e muitos acessórios que faziam sucesso na década de 1990 e que estão de volta.
     Baseada nesta proposta, a figurinista Marília Carneiro conta que o conceito apresentado em ‘Verão 90’ é justamente uma explosão de cores. “Espero tocar a todos com lembranças de um passado tão recente. Cada personagem tem seu estilo próprio. Aqueles que lançam moda, os ricos, os populares e os jovens”, enumera Marília: “Usamos um colorido alegre e vivo nos figurinos, mas vocês vão perceber que estamos marcando a época, mais fortemente, nos looks do elenco de apoio. Com os personagens da novela estou trabalhando com mais liberdade, pontuando as principais referências, sem muitos exageros”, completa.
     Para a Manuzita, de Isabelle Drummond, o estilo “gatinha” da época é o carro-chefe. O figurino é colorido, com direito a bandanas que ela usa em forma de tiara ou como cinto nos shorts, camisas xadrez de flanela com nó nas pontas que concede um charme a mais, e sandálias com corda ou plataforma de cores marcantes.
     A caracterizadora Lu Moraes conta que se inspirou no visual das atrizes da série americana ‘Friends’ para compor os cabelos e as maquiagens das personagens da trama. Manuzita, por exemplo, tem características da Rachel, de Jeniffer Aniston. “A minha maior referência para quase todos os personagens foi a série. Queríamos uma proposta mais limpa e minimalista na maquiagem para contrastar com o visual mais chamativo do figurino”, explica.  
      Já para Lidiane, personagem de Claudia Raia, a ordem é extravagância em cena. Estampas de onças, peças douradas, brincos grandes e as calças  legging estampadas, que são a marca da Pantera. João Guerreiro, papel de Rafael Vitti, é o típico surfista “menino do Rio”, e Janaína, de Dira Paes, é uma espécie de Gabriela revisitada, a famosa personagem da obra de Jorge Amado. “Uma beleza de beira de praia, naturalmente sexy, com vestidos floridos e estampados”, descreve a figurinista. Segundo Marília, a personagem camaleônica da trama é Vanessa (Camila Queiroz): “Através da Vanessa, que vai encarar vários tipos e disfarces dentro da história, temos a oportunidade de brincar com diferentes possibilidades”, explica.
     Responsável por criar acessórios e combinações que viraram febre em todo o país, entre elas, a icônica sandália vermelha de salto com as meias coloridas de lurex usada por Julia Mattos, papel de Sônia Braga em ‘Dancin’Days’, ou o anel-pulseira utilizado por Jade (Giovanna Antonelli) em ‘O Clone’, Marília Carneiro tem suas próprias apostas para ‘Verão 90’. “Acho que as gravatas e suspensórios usados por personagens femininos trazem um charme especial para o figurino, além de outras surpresas que torço para que agradem o público”, aposta.
     
    A Zona Sul do Rio
    Transportar o público para o clima de descontração dos anos 1990, no Rio de Janeiro, através de lugares que marcaram aquela época. Assim, a dupla de cenógrafos José Claudio e Eliane Heringer define o conceito da cidade cenográfica construída nos Estúdios Globo. “Estamos fazendo uma homenagem à esquina mais famosa do Baixo Leblon nos anos 1990, com seus bares, lanchonetes, lojas e as diversas galerias comerciais de Ipanema e Leblon que ditavam um estilo para o Rio e para o Brasil”, explica José Claudio. 

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus