• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    10/01/2019 07h59 - Atualizado em 10/01/2019

    Pisirico: um dengoso na Terra da Padroeira

    Adriana Dias - Da Redação

    A comédia dramática ‘Pisirico: um dengoso na Terra da Padroeira’ é um filme escrito e dirigido por Agmar Paris, que narra a história de um empresário arrogante, prepotente e acima de tudo desorganizado. As cenas foram gravadas em Itamogi e Aparecida/SP e o lançamento vai acontecer na última semana de janeiro no calçadão itamogiense num grande telão de led e posteriormente em alguns cinemas da região.
     De acordo com o diretor, tal é sua ignorância de limpeza e desperdício na sua empresa, que o mesmo vem contrair o vírus da dengue e falece em decorrência dos maus tratos causados na sua empresa.
    “Nessa história surge Pisirico, um homem simples de coração bondoso mas de muita visão empresarial, por consequência de ser compadre de Baltazar o empresário rico, herda todo seu patrimônio após sua morte, sendo assim ele transfere sigilosamente toda fortuna herdada a pessoas ligadas à empresa de sucata onde sofreram muito com o velho patrão”, explica Paris.
    Como se não bastasse, Pisirico passa a empresa contaminada à Sueli, uma catadora de lixo que transforma a pequena sucata em uma grande empresa lucrativa.
    Mas como tudo nessa vida tem a lei da ação e reação, Pisirico passa a comungar com a aparição diária de seu compadre (falecido) em sonhos e no seu cotidiano, cobrando a ele para cumprir uma promessa deixado aqui na terra.
    “Ao perceber que seu compadre sofre muito nas profundezas do inferno, Pisirico resolve então assumir a responsabilidade de cumprir essa tal promessa para libertar seu velho compadre. Não é uma simples promessa, a tarefa é árdua: levar uma imagem santa de Nossa Senhora Aparecida de Itamogi até a Basílica, em Aparecida/SP em cima de uma carroça, onde Pisirico faz o papel do animal pelas estradas”, salienta.
    A história termina com a felicidade de Pisirico totalmente avesso a bens materiais, se completa ao ver todas as pessoas por ele ajudada se dando bem na vida, e o mais importante, com a empresa sendo administrada por uma catadora de lixo que elimina de vez o vírus da dengue transformando a vida de seus funcionários em pessoas felizes e saudáveis.
    O elenco é composto por mais de 30 atores todos da comunidade itamogiense ensaiados pelo diretor. A obra de ficção foi produzida pela Midia Vision e vai ser exibida
    Esta é a terceira obra de Agmar Paris, que fez ‘De volta pra minha Terra’ e ‘Pisirico - Toque Final’. 

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus