• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    08/01/2019 07h31 - Atualizado em 08/01/2019

    Vereadores questionam Portal da Transparência

    Da Redação
    PASSOS - Na última sexta-feira, 4, a Folha publicou uma matéria revelando os gastos da Câmara Municipal de Vereadores com diárias para viagens realizadas entre janeiro de 2017 e maio de 2018. Os números foram retirados do Portal da Transparência do site do Legislativo e mostravam os valores recebidos tanto por servidores quanto por parlamentares. De acordo com o levantamento, foram pagos, ao total, R$ 76.132,73 para custear deslocamentos.
    Entretanto, ao menos dois vereadores questionam a quantia divulgada pela Câmara. Na lista, consta que Rodrigo Barreto (PSD) recebeu R$ 1.117,80 – valor referente a três diárias – devido a uma viagem feita a Brasília em julho de 2017. O parlamentar nega essa informação. De acordo com ele, a quantia recebida foi R$ 745,20, o que equivale a duas diárias: “Eu já havia feito essa reclamação no ano de 2017 e, para mim, isso já havia sido corrigido, por isso fiquei surpreso com a publicação dos valores errados”.
    O pessedista explica que, na ocasião, cinco vereadores foram à capital federal para uma série de compromissos. No entanto, tanto ele quanto Alex Bueno (PSD) retornaram a Passos um dia antes dos demais parlamentares, razão pela qual receberam R$ 745,20 em vez de R$ 1.117,80 (R$ 372,60 para cada dia). Barreto tem, inclusive, documentos que comprovam que, apesar de a Câmara ter empenhado o valor de três diárias, somente duas foram pagas. 
    No dia 14 de setembro de 2017, ele enviou um ofício à presidência da Casa solicitando formalmente a retificação do valor lançado em empenho – o que resultou numa Nota de Anulação, feita pela Câmara, na qual o valor da diária excedente é cancelado. “Eu questionei e, mesmo após o questionamento, aparece no Portal [da Transparência] o valor referente a três diárias. Minha dúvida é justamente essa: por que não foi feita essa correção, uma vez que eles próprios têm o documento que comprova que foram apenas duas [diárias]?”, indagou Barreto.
    O mesmo ocorre com Alex Bueno (PSD). Ele também aparece como tendo sido beneficiado com o pagamento de três diárias, mas, segundo diz, recebeu apenas o valor correspondente a duas. “Houve um lançamento divergente”, resumiu.
    O atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (PP), afirma que o Portal da Transparência irá passar por algumas readequações. Além das providências para a correção de valores que tenham sido divulgados equivocadamente, como no caso de Barreto e Bueno, a ferramenta fornecerá mais detalhes em relação às diárias. “Atualmente, há uma omissão de informações. Por exemplo, a Dona Cida (PT) sempre fez a devolução de valores que recebeu e não gastou, mas isso não consta no site, o que acaba sendo injusto”.

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus