• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    19/12/2018 08h03 - Atualizado em 19/12/2018

    Cidades aparecem aptas a receber ICMS

    até o momento, a Setur divulgou somente uma listagem provisória com 286 municípios habilitados. no entanto, em nota, a secretaria contou que esse número será maior ao fim da lista definitiva

    Danielle Andrade
    CAPITÓLIO – Entre os 286 municípios mineiros que aparecem aptos a receber repasses relativos ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) Turístico, no próximo ano, na listagem provisória divulgada pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur), estão algumas cidades da região: Capitólio, São João Batista do Glória, São Roque de Minas e Pimenta.
    Ainda de acordo com a Setur, algumas cidades listadas alcançaram a nota máxima, 10, como Capitólio, São João Batista do Glória e São Roque de Minas, e outras, 9,25, como Pimenta. Tais comportamentos numéricos são determinados seguindo ações selecionadas, e as possíveis diferenças de pontuação acontecem com base em dois critérios primordiais: meio ambiente e patrimonio cultural.
    E, ao explicar mais sobre a composição da nota que proporciona um maior ou menor índice de repasse, a secretaria informou que cada habitação representa 0,75, ou seja, caso a cidade tenha somado apenas 9,25, isso aconteceu porque ela não estava habilitada em um dos dois critérios principais citados acima.
    Fomentar o turismo, garantir melhorias nos serviços oferecidos e proporcionar mais atrações e investimentos são algumas das metas estabelecidas pela Setur ao repassar o volume relativo ao ICMS. Ciente desses objetivos, o atual prefeito de São Roque de Minas, Roldão de Faria Machado (DEM), assegurou que o plano continua o mesmo dos anos anteriores: investir no turismo local.
    “Todos sabem que uma das maiores fontes de renda que temos em nosso município é o turismo, então, não poderia ser diferente. Queremos investir mais ainda na parte de receptividade em nossa cidade e, diante da crise em que o país está, todo valor que vier, é claro que será bem-vindo”, disse. 
    Com um número significativo de turistas durante todo o ano, o município que recebe pessoas de todo o país e do mundo promete ser agitado também nas comemorações de fim de ano, segundo Machado. “O clima está perfeito e vai ajudar ainda mais com que essas festas sejam até melhores do que as do último ano”, garantiu, ao convidar todos para aproveitarem as festividades locais.
    Feliz e satisfeita pela nota máxima recebida pelo município de São João Batista do Glória, a prefeita Aparecida Nilva dos Santos (PMDB), ou como é conhecida, Nilvinha, fez questão de parabenizar toda a equipe responsável pelo turismo local e garantiu que o resultado é sinônimo de dever cumprido. 
    “Para nós, é muito mais uma comemoração ética, mesmo pela certeza de termos cumprido o nosso dever, mas é claro que estamos muito felizes. É uma realização e a prova de que o esforço comum faz o sucesso acontecer”, falou. 
    A reportagem da Folha entrou em contato com os prefeitos de Capitólio e Pimenta também, para saber mais sobre as expectativas e planos, mas, até o fechamento desta edição, não obteve retorno. 

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus