• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    10/12/2018 09h50 - Atualizado em 10/12/2018

    Frases em para-choques de caminhões ? Parte 3

    LUIZ GUILHERME WINTHER DE CASTRO
    Frases mencionando a sogra também existem. No texto anterior mesmo houve uma que dizia: “Eu amo a sogra de minha esposa”. Bem carinhosa, por sinal,  pois o sujeito ama a própria mãe. Mas, por outro lado ele não daria a entender que não pode dizer o mesmo da própria sogra, ou seja, da mãe de sua esposa? Cada um que interprete como desejar.
    Por falar em sogra, há uma piada no tocante a ela.
    Em um banco, estava ali uma fila de pessoas aguardando atendimento. Eis que chega um sujeito, com lenço tapando parte do rosto, como a gente vê em filmes de faroeste, armado com uma arma possante e segurando uma grande sacola. Fura a fila, passando por todo mundo, chega na boca do caixa e diz com voz possante e firme para o funcionário do banco:
    “–Coloca todo o dinheiro aí na sacola e rápido, se não quiser levar um tiro, cujas consequências nem eu posso prever!”
    O cara até que falava bem, falava bonito. Era firme, não tremia, demonstrava ser um bom profissional no ramo de assaltar bancos.
    O caixa obedeceu imediatamente e encheu a sacola com todo o dinheiro que tinha na gaveta. 
    O assaltante, então, começando pelo primeiro da fila e apontando a arma, perguntou: 
    “–Você viu eu assaltar o caixa?” 
    “–Não, claro que não!” – Passou para o segundo e perguntou:
    “–Você viu eu assaltar o caixa?”
    “–Não, eu não vi nada, eu nem estava aqui!”
    E foi assim por diante. Todos respondiam não ter visto. Quando chegou num sujeito que acompanhava a sogra, a resposta foi imediata:
    “–Eu não vi nada! Mas, a minha sogra aqui presenciou tudo e até chamou você de bandido e vagabundo, baixinho aqui no meu ouvido, enquanto você limpava o caixa!
    O final fica por conta de sua imaginação!
    Vamos, então, às frases em para-choques de caminhões, lembrando que procuramos manter as frases na sua originalidade, sem tentar mudar ou corrigir algum engano de escrita.
    “Quem gosta de motorzinho é dentista.” – Adesivo colado num Maverick V8.
    “É velho, feio, quadrado, lento, bebe, saiu de linha, mas está pago!!!” – Adesivo colado em um Fiat 147.
    “Passa que o meu é 1000.”
    “Casamento é o fim das criancices e o começo da criançada.”
    “Cada ovo comido é um pinto perdido.” – Sem malícia!
    “Segredo entre três, só matando dois.”
    “Só sei que não sei de nada.”  - Quem será o cara, hein? Adivinhe!
    “A mata é virgem porque o vento é fresco.” – Nada de duplo sentido!
    “Volto pra casa sem descanso, doido pra afogar o ganso.” – Será?
    “Quem deita com cães, levanta com pulgas.” – Amigo é pra essas coisas!
    “Cada escola que se abre, é uma cadeia que se fecha.” – Deveria ser a pura verdade, mas, infelizmente, parece não ser.
    “Escreveu, não leu? Então, é burro!” – Seria nos dias de hoje o famoso analfabeto funcional?
    “O que o português fala quando vê uma casca de banana no chão? Ai, Jesus, outro tombo!”
    “O maior peso de um homem é ter uma mulher leviana.”
    “Existem dois tipos de esparadrapo: os que não grudam e os que não saem.”
    “A Feiticeira tem dois defeitos: 1.Não está comigo. 2.Não faz nada para mudar a situação.” – Seria alusão ao seriado televisivo do mesmo nome?
    “Eu vou porque preciso, mas volto porque te amo.” – O cara é apaixonado mesmo!
    “É Deus no céu e nóis no 147.” – Frase escrita num Fiat 147.
    “Há males que vem para o mal” – Deveria ser “vêm”, mas quem escreveu não sabe disso.
    “Deus no céu e nóis na fita.”
    “Lavou, tá novo.” - Adesivo de um Fia 147.
    “Se sonhares que te esqueci, reze porque morri.”
    “Eu atropelo Gnomos.” – Paródia sobre o adesivo “ Eu acredito em Gnomos.”
    “Consulte sempre um pescador.” – Paródia da frase “Consulte sempre um advogado.”
    “Se não gosta do jeito que eu dirijo, saia da calçada.” 
    Ainda temos algumas para publicar,  portanto,  ficam  para  a próxima publicação.

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus