• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    17/11/2018 08h47 - Atualizado em 17/11/2018

    Monte Santo promove evento afro-brasileiro

    A primeira edição do evento cultural ‘Guardiões da Tradição’ teve início na sexta feira, 16, e vai até o próximo domingo, 18, todos os eventos acontecerão no barracão localizado na rua Afonso Pena, 568, centro, este novo espaço será inaugurado durante os 3 dias de atividades culturais e levará o nome de Quilombo Anastácia.  
    A Escola de Samba Anastácia foi fundada no dia 12 de maio de 2016, com a participação dos integrantes: Lazarina Cintra dos Santos, Priscila Aita da Silva, Flávio Luiz, Gilliard Aparecido Rosa, Willian Santelo de Oliveira, Weslei Brito Silva, Leandro, Tatiana, Tiago Neves, Flávia Duarte. Em 2017 realizou seu primeiro desfile com o enredo: Anastácia, Essa Negra tem valor, uma homenagem a nossa Guerreira Oju Orun que trazida ao Brasil foi batizada como Anastácia. De acordo com Vice-presidente da Escola de Samba Anastácia, Letícia Batista dos Santos, a ideia de criar a escola surgiu com o objetivo de resgatar o samba e destacar a Cultura Afro-brasileira.  
    “A inauguração do barracão que abrigará a escola de samba será realizado juntamente com a Primeira Edição do Evento Guardiões da Tradição que vem para resgatar a verdadeira cultura brasileira e afro-brasileira. Somos os Guardiões da Tradição Ancestral que nasceu na senzala através dos negros e do batuque das religiões descendentes da África. Cultura que foi criada no Brasil, para alivar o sofrimento do negro oriundo da dor chibata e da desigualdade. Assim, com o samba os negros aliviavam sua dor, criavam forças e sua Fé aumentava, pois até hoje sabem que não estão sozinhos”, esclareceu.  
    Diante disso, uma programação especial coma cultura Afro-brasileira foi preparada, no primeiro dia do evento 16 de Novembro, sexta-feira, a partir das 17:00 acontecerá a abertura com a inauguração do barracão e batismo do local com nome Quilombo Anastácia, o início das inscrições para o Carnaval 2019 com apresentação do Mestre Sala e Porta-bandeira, roda de baianas e show da Bateria Guerreiros de Zumbi com nossos intérpretes Flávia Duarte e Flavin Mathilha. No dia 17, sábado, a partir das 17:00 Palestra sobre a Cultura Afro-brasileira, Curso de Capoeira com a Associação de Capoeira Filhos de Guiné e lançamento do clipe com o samba oficial 2019. O último dia do evento 18, domingo, a partir das 14:30  a Palestra Infantil e conto “A menina bonita do laço de fita” com Halicy Ferracin Pio do Quintal do Ulisses se apresentam, também,  o Congo Catupe Filhos de Itamogi e para finalizar Roda de Baianas e show com a Bateria Guerreiros de Zumbi. Toda a programação contou com o apoio do comércio local. 
    Uma das palestrantes Halicy Ferracin destacou que o conto “A menina bonita do laço de fita” traz de maneira lúdica para as crianças a origem de cada um, o respeito ao próximo com suas diversidades, também da conscientização dos pais para que ensinem aos filhos o respeito a todas as pessoas, assim, por meio da história será possível debater sobre igualdade social. 
    “A escola de samba Anastácia vem apresentando cada vez mais essa cultura em nossa cidade através da bateria Guerreiros de Zumbi, o samba, a letra dos enredos contam para nós cada parte de uma cultura incrível. Além disso, as atividades vão demonstrar a igualdade que precisamos ter, pois somos todos iguais”, salientou. A vice-presidente da escola de samba ressaltou que a presença do Quintal do Ulisses é essencial para ensinar o respeito e a igualdade.  
    “O Quintal luta contra o preconceito, busca por igualdade social e pela inclusão social. Essa parceria é mais uma conquista importantíssima para nós, porque juntos faremos um trabalho social para ajudar nossas crianças, temos como foco estas crianças e jovens que são as sementes para um mundo e dias melhores. Além disso, ensinar a cultura e dessa forma incentivar novos Guardiões da Tradição”, esclareceu.
    Matéria exclusiva para assinantes

    Faça já a sua assinatura, tenha o jornal impresso em sua casa ou dê de presente para quem você gosta e ganhe o acesso nas páginas digitais pela internet, ou seja: Versão Impressa + Digital.

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus