• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    12/11/2018 07h54 - Atualizado em 12/11/2018

    Sempre de Paraíso elege nova diretoria

    APÓS 12 ANOS, SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS TEM NOVA DIRETORIA. RILDO DOMINGOS DA SILVA É SERVIDOR PÚBLICO E FICA POR QUATRO ANOS. silva sempre esteve à frente de lutas sociais

    Da Redação
    S. S. DO PARAÍSO – O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sempre) Sudoeste nomeia nova diretoria durante assembleia realizada na quarta-feira, 7, e assume o eleito Rildo Domingos da Silva, 48 anos, servidor público municipal. A mudança ocorre de quatro em quatro anos.
    O presidente eleito já conhece o sindicato há cinco anos e relatou que, desde sempre, esteve à frente de lutas sociais, ao lado do trabalhador.
    A mudança de liderança ocorreu porque a ex-presidenta, Maria Rejane Tenório, estava no terceiro mandato, totalizando 12 anos. Sua experiência permanecerá no sindicato, agora, seu cargo é de primeira tesoureira.
    O intuito da atual diretoria é formar uma nova equipe, assim, Rildo Domingos informou que esse novo trabalho só será possível diante da base sólida deixada pela companheira Maria Rejane. 
    “Durante esses 12 anos, Rejane fez um excelente trabalho, deixou uma estrutura, na qual hoje nós podemos dar continuidade aos benefícios e às conquistas. Ela deixou uma base muito sólida financeira e de credibilidade. Então, nós pretendemos dar continuidade a esse trabalho, aperfeiçoando e ampliando com toda a diretoria eleita”, esclareceu.
    O novo Presidente garantiu que os servidores municipais podem esperar muito trabalho dessa nova liderança, equilíbrio e continuidade no serviço já realizado.
    “Acima de tudo, dedicação para a formação de novos líderes, uma dessas ações já está sendo aplicada, a partir da formação de comissões setoriais, ou seja, servidores e servidoras que em seus locais de trabalho exercem a função de liderança e, na medida que o tempo transcorrer, eles serão capacitados e preparados. O objetivo é levantar novos líderes, porque o movimento sindical necessita de renovações com visões que possam lutar pelos direitos dos trabalhadores”, destacou Rildo.
    Matéria exclusiva para assinantes

    Faça já a sua assinatura, tenha o jornal impresso em sua casa ou dê de presente para quem você gosta e ganhe o acesso nas páginas digitais pela internet, ou seja: Versão Impressa + Digital.

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2018 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus